Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blog
Tela cheia

Crianças do Semiárido trocam conhecimentos com alunos da Capital

11 de Novembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 602 vezes

No semiárido baiano, as experiências de convivência têm mostrado que é possível ter água de qualidade através de iniciativas simples de captação, como as cisternas e outras tecnologias. Para conhecer essas experiências, no mês de maio, alunos de Salvador visitaram o município de Valente e trocaram experiências com as crianças que fazem parte de projetos como CAT e Baú de Leitura.

Dessa vez as crianças do Sisal foram conhecer as formas de utilização da água em grandes áreas urbanas, como Salvador. O evento aconteceu em setembro. A proposta foi realizar a segunda etapa do Intercâmbio das Águas, para trocar experiências entre essas duas realidades distintas. Participaram do evento cerca de 60 crianças, sendo 30 estudantes de escolas públicas rurais de Valente, com outros 30 estudantes de escolas particulares de Salvador. O objetivo da ação foi chamar a atenção para a importância da preservação das águas.

O evento foi promovido pela Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE), em parceria com o Movimento de Organização Comunitária (MOC), através da Campanha Uma Ação para Crianças, marca o Dia Mundial de Limpeza de Praias, data celebrada mundialmente no terceiro sábado de setembro. A mobilização acontecerá em dois dias.

Produção Audiovisual - Durante o evento foram realizadas oficinas sobre destinação de resíduos sólidos e de produção de peças de comunicação que abordem temas como preservação dos oceanos e reciclagem de lixo. O resultado serão produtos audiovisual e fotográfico, além de jornais e spots para rádio, elaborados com o apoio das agências Mandacaru de Comunicação e Cultura, do município de Retirolândia e a Kabum, de Salvador que serão finalizados até o fim do ano e distribuidos com os atores envolvidos na proposta.

 

Foto:
Expressão. Durante a primeira parte do intercâmbio em Valente, os se expressaram através de teatro, dança e entre outras manifestações culturais.

Foto:
Água. As crianças e adolescentes de Salvador conheceram a experiência de captação de água através das cisternas de consumo humano.

Fonte: site do MOC

 


Tags deste artigo: moc educação bahia crianças experiências professores

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.