Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog

7 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

#GarotasCPBr no Blog Serpro

30 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Iai Nerds e Geeks antenados no #FISL12!!!!

Ontem após a nossa mesa redonda fomos entrevistadas pela Loyanne do blog Serpro que nos fez perguntas muito interessantes e uma delas eu até gostaria de compartilhar com vocês. Mas antes, leiam a matéria que publicaram sobre a gente abaixo ou então no site: http://blogeventos.serpro.gov.br/post/7047371214/elas-sao-minoria-mas-nao-se-intimidam

Elas são minoria, mas não se intimidam
29/06/2011

O número de mulheres em eventos de tecnologia, historicamente, não é muito animador. A porcentagem de participantes homens é esmagadora, um reflexo da área de TI como um todo. Mas esse fato não é motivo para desânimo feminino: ao invés disso elas se organizam em nichos, propõem mesas temáticas e crescem em número e visibilidade nestes epaços. Ou seja, foi-se o tempo que só as recepcionistas e expositoras chamavam atenção no Fisl.

Hoje, 29, aconteceu o primeiro encontro destes grupos. O Garotas CPBR reuniu em uma das salas do Fisl12 mais de cinquenta pessoas, entre elas muitos homens, para debater quais são os desafios que as mulheres precisam vencer na área de TI, como podem se fortalecer e tirar proveito da situação diferencial.

“Queremos agregar valor a nós e aos outros, adquirir conhecimentos, trocar experiências, aprender umas com as outras, compartilhar o que já sabemos”, afirma a coordenadora do Garotas CBR, Elaine Cecília Gatto, a Cissa, que é formada em engenharia de computação, mestre em ciência da computação e professora universitária.

Para Cissa, um dos objetivos do grupo é auxiliar àquelas meninas que têm medo de entrar nesse ramo, por se sentirem inseguras ou duvidosas quanto ao sucesso profissional nas áreas de informática e computação. “Eu acredito que o preconceito está na cabeça das pessoas. Nunca sofri nenhum tipo de preconceito por ser uma mulher na computação, assim como tenho amigas no mercado, que, embora sejam únicas em seus departamentos, também não relatam preconceitos de gênero. Esse é um outro tempo, em que as mulheres com suas características específicas podem crescer muito nessa área”, analisa Cissa.

Outro debate importante será o realizado pelo Feminino Livre, um grupo de trabalho que nasceu no próprio Fisl e que tem como foco a discussão de assuntos que motivam a participação feminina na TI e nos temas que perpassam a filosofia do software livre: colaboração e desenvolvimento social através do uso de tecnologias abertas.

No Fisl12, o Feminino Livre comandará ações para divulgar a contribuição feminina para o uso do Software Livre despertando o sentido de compartilhamento de experiências e informações. Paloma Costa, coordenadora do grupo, começou na informática desenvolvendo software e agora atua nos projetos de como engenheira de testes. Ela explica que o Feminino Livre busca ser uma referência, um ponto de fusão para aquelas que querem conhecer mais sobre tecnologia livre, e assim desenvolvem atividades que fomentem o software livre entre meninas, na expectativa de ampliar o número de ingressantes nas universidades em cursos de TI o que pode alterar o atual cenário de mercado.

Saiba mais
As questões levantadas por esses grupos são diversas, desde a necessidade de adaptação das mulheres nos ambientes da universidade até a colocação profissional. Muitas delas, acreditam que ser mulher é um diferencial competitivo nas empresas, uma vez que o mercado busca diversidade para montar equipes de tecnologia e inovação.

Confira os espaços dos grupos de discussão na internet:

http://www.garotascpbr.com.br

http://femininolivre.wordpress.com/



Comente no nosso blog e concorra a uma camiseta da Campus Party!!!!

30 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Galera, olha eu de novo aqui \o/

Hoje vamos sortear uma camiseta da Campus Party Brasil, somente para aqueles que comentarem algum dos nossos posts! Então, se você quer ganhar, basta fazer um comentário significativo em um dos nossos posts. O sorteio vai acontecer às 18:00, ao término do evento.

É isso pessoal, estamos aguardando a visita de vocês e os comentários.
Até as 18:00 com o sorteio e claro, não esqueçam de dar uma passadinha aqui no nosso stand para bater um papo!

[ ]s Cissa



#GarotasCPBr na rádio Software Livre

30 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Oi pessoal!!! Iai? Muito Frio? Vou lhes contar, o frio aqui dentro da área de expositores está tenso! Nem com três calças dá pra aguentar! Sério, falta um aquecedor aqui. Mas nas salas onde ocorrem as palestras é bem quentinho. Falando em palestras, estou sozinha agora no nosso stand ¬¬ as meninas sumiram para as palestras. Torço para que eles se lembrem de postar depois sobre o que assistiram.

Bem, mas voltando ao assunto!!!!! Ontem fomos entrevistadas pela galera da rádio Software Livre logo depois da nossa mesa redonda. Vocês podem conferir a entrevista na íntegra neste link: http://radio.softwarelivre.org/. Foi um bate papo super divertido, descontraído e esclarecedor pra quem não conhece o nosso grupo.

Esperamos comentários a respeito tá galera!

Até o próximo post! (veja abaixo as fotos)
Cissa

DSC05683 DSC05679 DSC05680 DSC05681 DSC05682 DSC05683

Palestra de Jeremy Allison – The State of Samba

29 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Segundo Jeremy Allison, a previsão de lançamento do SAMBA 4 é para o ano que vem.

Inclusões:
Serviço de DCE/RPC
Servidor LDAP
Servidor Kerberos
Servidor DNS

O palestrante também comentou que poucos desenvolvedores estão trabalhando nesses projetos e destacou a necessidade de mais pessoas para contribui com esses projetos.

Links deixados por ele:
bugzilla.samba.org
tdb.samba.org
ctdb.samba.org
tevent.samba.org
ldb.samba.org



A viagem de ida para o #FISL12

29 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Iai galera? Preparados? Vou lhes contar a minha interessante viagem de ida à Porto Alegre para o #FISL12. Nós decidimos vir para o #FISL12 em Janeiro, durante a #CPBR4. Bem, já sabíamos que estaria frio por aqui na data do evento, mas na segunda-feira dia 27/06, alguém mandou um email dizendo: “Gente, nevou ontem perto de Porto Alegre! Se preparem” Pra que!!!!! AaaUuHhAaUuHhaUuHh Eu estava já morrendo de medo do frio, imagina, começou o desespero e na última hora, aprontei mais uma mala e dentro duas mantas! (ainda bem que fiz isso!).

Ai gente a preocupação surgiu: “Quantos quilos tem essas malas? E se passar dos 23kg permitido no avião?” Ai ai ai ai o que eu fiz? Nada, mas minha mãe foi na farmácia no outro dia pesar uma das malas, deu 13kg, ótimo! Então sem problemas para levar mais bagagens. Mas ainda tinha os banners! OMG! Tinha que embrulhá-los para poder despachar no avião! Imagina o trabalho para enrolar quase 2metros de banner em um monte de papel e mais um monte de fita grossa por cima!!! Mas enfim, deu tudo certo.

No outro dia, lá vamos nós – eu e meu pai, 09:30 saímos de Jaú em direção a Bauru para eu pegar o ônibus, às 11:00, que me levaria até Campinas. Pois bem, viação prata, super tranquilo, cheguei em Campinas por volta das 15:00 e de lá peguei outro ônibus, da Caprioli para o aeroporto. Chegando lá, o check-in e o despacho já estavam abertos. Mais legal, conheci um casal de senhores – terceira idade – que também estavam indo para Porto Alegre fazer uma visita surpresa para a filha. Na sala de espera para o embarque conheci outra senhora, muito simpática que estava voltando para Porto Alegre. Ficamos ali conversando, os quatro juntos e então embarcamos.

Dentro do avião, estavam sentados do meu lado, um casal com um bebe super lindo e, olha que mundo pequeno, eles estão se mudando para Lençóis Paulista, pertinho ali de Jaú. A viagem foi um pouco cansativa, cheguei em POA as 20:30 e no HOSTEL já era quase 21:00. Chegando naquele lugar, achei que estava entrando em um PUB ahahahahahahahahaha. HOSTEL Casa Azul muito loco e ainda dei de cara com a Carol e a Fernanda quando cheguei la. Frio? Nem tão frio assim quanto eu pensei, mas o quarto do HOSTEL tava mega gelado.

Por fim, me dei conta de que havia perdido meu blackberry, mas nada que o nome tão estranho do motorista não me fizesse lembrar de ligar para ele, VERNO, bem diferente! De fato, o celular estava com ele, havia perdido dentro do taxi ¬¬ quase tive um treco também né quando percebi que havia perdido o blackberry da minha mãe! Enfim, recuperado o celular, comi umas batatas com as meninas e fui dormir – mas só peguei no sono depois das duas horas da manhã.

Graças a Deus, deu tudo certo, cheguei bem em POA e agora estou aqui curtindo Porto Alegre! Vamos que vamos.

bjs Cissa

DSC05616 DSC05575 DSC05576 DSC05577 DSC05578 DSC05579 DSC05580 DSC05581 DSC05582 DSC05583 DSC05584 DSC05585 DSC05586 DSC05587 DSC05588 DSC05589 DSC05590 DSC05591 DSC05592 DSC05593 DSC05594 DSC05595 DSC05596 DSC05597 DSC05598 DSC05599 DSC05600 DSC05601 DSC05602 DSC05603 DSC05604 DSC05605 DSC05606 DSC05607 DSC05608 DSC05609 DSC05610

Sucesso na Mesa Redonda no #FISL12

29 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Caros(as) Leitores(as) do nosso blog! Realizamos hoje às 11:00 a nossa mesa redonda sobre mulheres, TI e software livre. Eu pensei que haveriam poucas pessoas, mas para minha surpresa muitas pessoas participaram. Iniciamos a mesa com um pouco de atraso, o que é normal. Fizemos a nossa apresentação, introduzimos o tema e iniciamos a discussão.

Senti que as pessoas estavam dispostas a ouvir o que tínhamos a falar e um pouco tímidas para conversar, mesmo assim, foi muito bom, pois algumas mulheres e homens presentes compartilharam suas experiências e expuseram suas opiniões.

Algumas questões acabaram por ser levantadas, por exemplo:

- Por que a necessidade de aumentar o número de mulheres nas áreas da computação?
- Por que é importante desenvolver ações e estratégias para mudar a cultura que existe em nossa sociedade? Por exemplo, por que meninas devem brincar de bonecas e meninos de carrinhos? Isso influencia no futuro profissional dessas crianças?
- Enquanto as mulheres são minoria na computação, os homens também são minoria no magistério, então também há a situação inversa.

Uma das participantes disse que uma das coisas que podem ser feitas é a orientação profissional das meninas quando estão no ensino médio. Talvez a realização de algumas palestras esclarecendo que a computação é para todos, tanto para os meninos, quanto para as meninas, ajude a mudar o contexto atual.

A mesa redonda foi muito produtiva e pudemos conhecer novas pessoas, trocar experiências e aprender com os presentes. Ficamos muito agradecidas a todos os que participaram e contamos com vocês para traçarmos algumas estratégias e ações práticas no sentido de fomentar a participação feminina na área de computação.

Estamos no #FISL12, venham conversar com a gente no nosso stand.
Grata e até o próximo. Confiram abaixo a nossa galeria de fotos!!!



Apresentando: O Illustrator

28 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda


O Illustrator é um programa de desenho vetorial usado para desenhar ilustrações, charges, diagramas, gráficos e logotipos.
Nas imagens bitmap as informações são armazenadas numa grade de pontos (pixels). Já no illustrator ela utiliza equações matemáticas para desenhar as formas.

Com isso os gráficos funcionam sem perda de resolução.

O illustrator é desenvolvido e comercializado pela Adobe. Inicialmente Foi criado para o Apple Macintosh em 1985 como complemento comercial de software de fontes da Adobe e da tecnologia PostScript desenvolvida pela empresa.

Por ter a característica vetorial ele acabou atendendo um nicho de mercado não explorado, algumas das vantagens que o illustrator oferece:

• Escalável sem perda de resolução
• Linhas nítidas e claras de qualquer tamanho
• Imprime em alta resolução
• Arquivo em tamanho menor
• Ideal para ilustrações

Com o crescimento da internet, o Adobe Illustrator melhorou o suporte a publicação de documentos para a internet, a pré-visualização de imagens raster, o PDF, e o formato SVG, todas elas bem recebidas pelos utilizadores.

Hoje já possuímos as versões do illustrator para Windows e Mac.



2 anos sem Michael Jackson: The King of Pop!

25 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

<p>Bom Dia Galera. Como vão nossos queridos(as) leitores(as)?</p> <p>Bem, estou aqui hoje para falar sobre um tema um pouco polêmico: 2 anos sem Michael Jackson! Algumas pessoas não acreditam que MJ morreu, alegando que ele está vivo e forjou a própria morte. Outras pessoas acreditam que ele era culpado nos casos de pedofilia, enquanto outras alegam que ele era apenas uma vítima dos pais das crianças que, na verdade, queriam o dinheiro dele.</p> <p>A verdade é que, independente disso tudo, MJ sumiu do planeta. Nunca mais o veremos fazendo um show. Quem não é fã de MJ não tem idéia do que significa assistir a um show dele, não sabe o que significa ser fã de uma pessoa que nasceu além do seu tempo.</p> <p>Me lembro quando foi lançado o disco Thriller!!! Eu era apenas uma criança e mesmo assim me vidrei na TV assistindo ao clipe. Acredito que sou fã de MJ desde antes de nascer eheheheheh. MJ fez parte da minha vida, da minha infância, da minha adolescência, da minha juventude. Eu vi a trajetória do rei, eu acompanhei a sua evolução e a sua queda mas, nunca, jamais, deixei de gostar de suas músicas e das lindas mensagens passadas em cada uma delas.</p> <p><a href="http://garotascpbr.com.br/wp-content/uploads/2011/06/1-005-005927_4-Michael-Jackson.jpg"><img class="aligncenter size-medium wp-image-3052" title="1-005-005927_4-Michael-Jackson" src="http://garotascpbr.com.br/wp-content/uploads/2011/06/1-005-005927_4-Michael-Jackson-217x300.jpg" height="300" alt="" width="217" /></a></p> <p>MJ mudou o jeito de se fazer clipes musicais, ele incentivou a industria do vídeo e da música, obrigando-a a evoluir para produzir as suas idéias mirabolantes que cresciam em sua mente! Ele mudou o mundo do entretenimento. Acredito que devemos olhar sempre o que de bom as pessoas fazem pelo planeta e as pessoas. MJ veio com uma missão, ele nasceu com um dom indescritível, as pessoas o imitavam, ele se tornou referência e influenciou muitos artistas. Será mesmo que temos noção da profundidade disso? Basta assistirmos aos vídeos clipes de MJ e veremos que ele sempre foi o pioneiro nisso. </p> <p>Independente de tudo o que tenha acontecido, MJ foi o cara! Thriller foi apenas a primeira música. Outro clipe que foi o boom da computação gráfica, Black or White! Me lembro como se fosse hoje, assistindo a esse clipe no Fantástico e, tudo o que se falava era &#8220;o clipe traz uma revolução da computação gráfica&#8221;. Rostos que se transformam, as pessoas viram de lado e já não são mais as mesmas. Como ele fez isso??? Pow, tudo a ver com o nosso mundo, a computação, algo inédito na época. </p> <p>MJ estimulou a tecnologia com as suas idéias, isso ninguém pode negar! MJ inovou nos shows ao vivo! Incluiu cenários complexos e criativos. Basta ver o filme THIS IS IT para comprovar como MJ faz bom uso da tecnologia a seu favor para transmitir as mensagens de suas músicas.</p> <p>Enfim, de louco todo mundo tem um pouco e, as pessoas que são muito mais evoluídas que nós são assim tachadas muitas vezes. Lembram de Albert Einstein? Tudo bem, pode não ser uma boa comparação, mas, vejam, tachá-lo de louco seria muito mais fácil do que acreditar na teoria que ele defendia! Reflitamos sobre isso. </p> <p>Bom, pretendo escrever ainda mais alguns posts sobre MJ durante os próximos dias. Então, acompanhem o nosso blog todos os dias. Por hora, recomendo que vocês assistam a Multishow hoje. Das 12:30 as 23:30 a Multishow estará transmitindo vários vídeos, filmes e clipes sobre MJ. Não percam!</p> <p>Muito obrigada a todos pela atenção<br /> R.I.P. MJ!</p> <p>&#8211;> acessem o site oficial: www.michaeljackson.com</p>



Extensões para o Firefox

25 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Algumas extensões para facilitar a navegação.

Speed Dial

Para quem sempre acessa os mesmos sites ao iniciar o navegador é uma boa adicionar a extensão e escolher alguns sites favoritos.

Evernote

Essa é ótima. Sempre acontece de encontrar algo que interessa, mas que no momento não dar para ler, então, marque-o e depois retorne.

Read it Later

Com o Read it Later, você pode guardar as páginas de web para ler depois quando estiber sem conexão à internet.

Video DownloadHelper

Utilize-o para downloads de vídeos, áudios e imagens.

Yoono

Com ele, você reune várias redes sociais, como: MSN, Facebook, Myspace, Google Talk,Twitter, e etc.



Participação Feminina no FISL12

22 de Junho de 2011, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

O grupo Feminino Livre tem objetivo de buscar mais participação feminina na utilização do software livre e em outros setores de TI e levar ao FISL mais mulheres para compartilhar informações. O grupo foi formado no FISL11 que aconteceu em 2010.

Em 2011, nós que somos membros do grupo GarotasCPBr tivemos oportunidade de conhecer a Paloma Costa, uma das coordenadoras do grupo Feminino Livre no Campus Party 2011 e através dela, quem ainda não conhecia o FISL, passou a conhecer e ficar muito interessada no evento. Agora, é só começar preparar para colocar as coisas na mala e participar desse grande evento.

Agenda do Feminino Livre:

30/6 às 14h

Paloma Costa: Mesa Redonda : Mulheres de TI: perspectivas de futuro.

Discute aspectos comportamentais e políticos, para responder a questão: as mulheres não se interessam em trabalhar com tecnologia ou o mercado, que carece de mão de obra qualificada e paga altos salários, ainda impõe barreiras para elas?

29/6 às 9h

Andreza Leite: Ferramentas Open Source para Cloud Computing.

No Cloud Computing o armazenamento de dados é feito em serviços que poderão ser acessados de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora. O acesso aos arquivos é remoto, através da Internet – daí a alusão à nuvem.O encontro trata das principais ferramentas e sistemas livres participantes no processo de implantação, configuração e gerenciamento do ambiente.

02/7 às 16h

Rochele Prass: Além do código: inclusão social através da linguagem universal do software livre.

Com o objetivo de despertar o interesse das mulheres para o Software Livre, público notoriamente menos numeroso na área, o encontro aborda a necessidade de compartilhar com diversas áreas do conhecimento a responsabilidade sobre o desenvolvimento de tecnologias livres.

Para saber mais sobre o FISL, clique aqui.
Para saber mais sobre o Feminino Livre, clique aqui.



Tags deste artigo: garotascpbr fisl12 cpbr5