Gehe zum Inhalt
oder

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

404 Not Found

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Mein Netzwerk

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Invalid feed format.

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

Linux Rep.Dominicana

404 Feed not found error: FeedBurner cannot locate this feed URI.

 Zurück zu FREE SOFTWAR...
Vollbild

Software livres usados no governo do Chile serão apresentados na Latinoware 2010

August 31, 2010 0:00 , von Software Livre Brasil - 0no comments yet | Es folgt noch niemand diesem Artikel.
2700 Mal angesehen:

A edição deste ano da Latinoware vai contar com a participação do engenheiro civil e profissional do Centro de Excelência de Engenharia de Software da Universidad de la Frontera (CEISUFRO), do Chile, professor Víctor Aravena Díaz.

Sócio-diretor da empresa Tecnológica Lazos, pertencente a Universidad de La Frontera, e chefe de diversos projetos de software para o governo chileno como o sistema de informática médica; plataforma Web Governo Regional de município de Araucanía; projeto educativo, participativo e inovação educativa desenvolvido em diversas cidades; entre outros, Víctor estará na Latinoware para apresentar o painel “Projetos do Governo do Chile desenvolvidos com tecnologia de software livre”. Confira abaixo, a entrevista concedida à Latinoware.

Latinoware: Víctor, podemos observar que há uma tendência de apoio a adoção de software livres pelos governos da América Latina. O senhor acredita que há uma relação direta entre o apoio dos governos e a geração de emprego e renda? Isto acontece no Chile?

Víctor: Atualmente existe um estudo de estratégia digital sobre o uso de software livre no Estado (FLOSS) e analisa a realidade dos países latinoamericano [veja mais aqui!]. O estudo promove o uso do conceito “imparcialidade tecnológica” e não do “neutralidade tecnológica”, cujo fim é incentivar que as soluções de código aberto possam competir com as mesma condições com as soluções proprietárias. Também favorece a utilização em projetos que demandam uma solução de software sob medida para os sistemas de cada órgão público.

Atualmente, o Governo está promovendo a indústria de tecnologia e o desenvolvimento da inovação, está consciente do papel do software opensource e sua influência na inovação e para impulsionar a geração de conhecimento estratégico do capital humano tecnológico avançada, a  adoção de normas internacionais e desenvolvimento da biotecnologia. Inicialmente, o esforço é para promover o uso do software opensource na administração pública.

Acho que faltam iniciativas mais avançadas que definam um marco regulatório como o Brasil fez, tendo uma secretaria nacional sobre o assunto. Eu também acredito que faltam iniciativas concretas e estudos de avaliação econômica e quantas empresas apostam neste modelo de negócio. Infelizmente, sua utilização ainda é baixa por parte do governo e no setor privado. Suas principais questões são o suporte, manutenção e custos de treinamento e formação. Pessoalmente, acho que a questão do licenciamento e a propriedade intelectual é uma questão cultural pendente no Chile.

No nosso caso, somos uma empresa regional de desenvolvimento de software pertencentes a Universidad de la Frontera. Nós apostamos na tecnologia opensource como modelo de negócios e no nível de formação do capital humano, para formar futuros profissionais que ingressam na instituição.

Esse modelo de negócio nos permite competir em preço, qualidade de produtos e níveis de serviços. Nossas soluções são fáceis de implementar, operar, manter e apoiar as operações de alta demanda. Para nós, usar a tecnologia de código aberto nos permite competir com um modelo de negócio de software como um serviço personalizado e de baixo custo.

Ao nível da formação, isso nos permite ensinar o uso de software usando elevados padrões de desenvolvimento, arquitetura, estrutura e CMSs, onde os alunos se envolvem e contribuem com a comunidade, gerando redes de aprendizagem e uma série de melhores práticas e competências. Promover o surgimento de empresas de software estimula a competição de um ambiente de livre concorrência e expansão fácil, permitindo a geração de empreendedorismo.

Latinoware: Um dos projetos que o senhor participa tem a ver com a medida da qualidade da educação no Chile. E sobre a adoção de software livre para a educação no Chile, o que você pode dizer?

Víctor: Existem iniciativas que promovem a utilização de soluções educacionais para tecnologia opensource. Entre os projetos apresentados estão o Edulinux,apoiar a análise de software educativo conforme a plataforma e o desenvolvimento de unidades de aprendizagem.

Projeto de maior destaque que eu conheço é o Edulinux, uma distribuição de Linux que fornece solução cliente-servidor para os laboratórios. Seu foco era capacitar um super computador (servidor) e que computadores prestes a encerrar seu ciclo de vida pudessem tirar vantagens das aplicações em execução no servidor central.

Outro projeto importante, o Municipio, Participación e Innovación Educativa, criou uma plataforma web 2.0 com um sistema de aprendizagem em 64 lojas e escolas municipais nas cidades de Temuco, Villarica, Imperial, Lautaro e Chol-Chol. A incorporação da tecnologia na educação é coordenada pelo projeto Enlaces, do Ministério da Educação que, juntamente com o Instituto de Informática da Educação realizaram importantes trabalhos nesta área. De qualquer forma, eu acho que são projetos isolados e faltam atividades contínuas para estabelecer uma metodologia para incorporar soluções opensource (Floss) à vida cotidiana.

Latinoware: Essa é sua primeira participação na Latinoware, quais são suas expectativas? O que o público pode esperar do seu papel?

Víctor: Gostaria que o público possa conhecer nossa experiência em uso da tecnologia de código aberto para soluções de alta demanda que estamos realizando junto ao Governo, particularmente, as estratégias e os modelos de negócios. Minha expectativa é de ouvir sobre experiências semelhantes e ampliar minhas redes de negócios.

* fonte: Latinoware 2010


Tags zu diesem Artikel: furusho latinoware chile governo

0no comments yet

Einen Kommentar schreiben

Die Felder sind zwingend erforderlich.

Wenn Sie ein registrierter Nutzer sind, dann können Sie sich anmelden und automatisch unter Ihrem Namen arbeiten.