Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Serviço de hospedagem de soluções do Software Público Brasileiro

23 de Janeiro de 2013, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 285 vezes

Enviado por Anahuac de Paula Gil (anahuacΘsoftwarepublico·com·br):

“Chegou a Software Público Com Br. O impulso filosófico, tecnológico e mercadológico gerado pela iniciativa de fomentar os órgãos públicos, empresas e desenvolvedores independentes a publicar seus softwares sob uma licença livre – neste caso a GPL – em um portal capitaneado pelo Governo Brasileiro tem transformado a velha forma de participação de todos esses atores na composição do mercado de tecnologia nacional.

Na esteira do processo, contando inclusive com o mercado público para fomentar os negócios em torno dos softwares, é que nasce a Software Público Com Br, com o objetivo de hospedar na Internet soluções disponibilizadas no Portal do Software Público Brasileiro.

O primeiro produto a ser hospedado no Portal é o sistema de gestão para Prefeituras chamado e-cidade, que deverá atender os governos municipais de pequeno e médio porte, permitindo a anulação do custo de licenciamento e de suportes obrigatórios envolvidos. Oferecendo a infra-estrutura e a assistência técnica para ter sua versão do e-cidade, aliada a simplicidade do acesso via Internet, qualquer Prefeitura do país pode, em questão de minutos, ter seu sistema de gestão administrativa, financeira ou educacional disponível e atendendo suas necessidades.

Fabrízio Mello, um dos diretores, comenta: “Alguns dos programas [do portal] são grandes e complexos demais para que pequenas empresas e Prefeituras possam fazer uso deles sozinhos. Então, entendemos que estamos criando as condições necessárias para que todos se beneficiem do uso dos Softwares Públicos.”

“A Software Público Com Br tem o compromisso com a liberdade e por isso não cria amarras de nenhum tipo. Todos os módulos do e-cidade estão disponíveis e sempre que a Prefeitura desejar ela poderá solicitar todas as suas informações e migrar para outro fornecedor” comenta Eduardo Santos um dos diretores da iniciativa.

Simplificar o uso e acesso a sistemas que antes eram corporativos demais para serem utilizados na Internet tem sido uma forte tendência de mercado. É o caso dos sistemas de gestão de ambientes clusterizados e que a Amazon transformou em algo muito simples com seus serviços de Cloud. Antes veio a popularização das páginas web, onde com poucos cliques e alguma imaginação pode-se ter um domínio próprio e sua página personalizada.

Há um grande equívoco em associar Software Livre e Público com gratuidade. É claro que a infra estrutura e os serviços correlatos à tecnologia da informação têm que ser financiados de alguma forma. O que muda é o modelo: no Mundo Livre o modelo é dos serviços e não o da venda da licença. Busca-se empoderar o cliente e não torná-lo dependente da solução.

Com foco na hospedagem e somente nela, criam-se outras demandas decorrentes do uso dos Softwares Públicos, tais como: consultorias, treinamentos, fluxogramas e todo tipo de personalização. Os negócios correlatos não devem fazer parte do rol de serviços a serem explorados pela Software Público Com Br: “cada pinguím no seu iceberg” comenta Anahuac de Paula Gil, o outro Diretor da Software Público Com Br.

O site é homônimo ao do Portal do Governo Federal, mas com a extensão “.com.br”, portanto atenção! [softwarepublico.com.br/…]” [referência: softwarepublico.com.br]


Fonte: http://br-linux.org/2013/servico-de-hospedagem-de-solucoes-do-software-publico-brasileiro/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.