Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

404 Not Found

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Invalid feed format.

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

Linux Rep.Dominicana

404 Feed not found error: FeedBurner cannot locate this feed URI.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

[Opinião] Relembrando a ética do software livre

31 de Outubro de 2014, 9:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1380 vezes

Enviado por André Machado (andreferreiramachadoΘgmail·com):

“Há alguns meses, fui muito criticado por escrever um artigo no qual afirmava que uma popular distribuição era a inimiga número um do software livre em nosso país. Dentre as principais razões, citei o fato de a mesma oferecer serviços e programas proprietários.

Os usuários daquela distribuição argumentaram que meu ponto de vista estava incorreto pelo fato de ser impossível viver sem os programas fechados e que, para fazer isso, deveríamos retornar à linha de comandos, uma visão equivocada, e evocaram para si o direito à liberdade de escolher o que quiser usar.

Agora, uma captura de tela de um fórum sobre uma linguagem de programação proprietária ilustra perfeitamente tudo aquilo que eu quis dizer, mas que não soube expressar. No tópico, o programador pede ajuda aos amigos foristas para que o programa que ele está desenvolvendo fique artificialmente lento após alguns meses, a fim de que o cliente pague a mais para que seja realizada uma "manutenção".

Embora uma atitude como essa possa chocar o leitor à primeira vista, ela é quase uma brincadeira infantil perto do que grandes empresas de software proprietário são capazes de fazer para manter sua clientela. Sempre ficamos com o ônus da dúvida, pois como o código do programa é fechado, não temos, a princípio, como comprovar a existência de tal comportamento antiético, malicioso e ilegal.

Felizmente, o software livre não sofre desse mal, pois como o código-fonte está disponível a todos, qualquer um pode auditá-lo e uma artimanha dessas certamente não permaneceria oculta por muito tempo.

Desta forma, reafirma-se que só o software livre é ético e, portanto, devemos preferi-lo a qualquer outra solução fechada, por mais vantajosa que seja.” [referência: vidadeprogramador.com.br]

O artigo "[Opinião] Relembrando a ética do software livre" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2014/01/opiniao-relembrando-a-etica-do-software-livre.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.