Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

getaddrinfo: Name or service not known

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Minas Wireless 2010: objetivo é estimular projetos de TIC no estado

6 de Julho de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1232 vezes

http://www.guiadascidadesdigitais.com.br/site/uploads/home/minas_home150X90_thumb.jpgNo dia 24 de junho, Belo Horizonte foi sede de um amplo debate sobre políticas públicas, oportunidades e desafios para a implantação de projetos que envolvam o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) em prol das administrações de municípios e estados e seus habitantes. Nesta data, aconteceu a segunda edição do Minas Wireless, evento que reuniu gestores de todas as esferas governamentais, empreendedores e executivos de entidades, associações e empresas privadas.

De acordo com Thiago Chagastelles, gerente da Network Eventos, organizadora do evento, o Minas Wireless visa apontar caminhos para melhorar a gestão nas administrações públicas. Para ele, o momento é de transição e configura-se como um cenário de revolução provocada pela disseminação da banda larga.

“A implantação do Plano Nacional de Banda Larga no Brasil abrirá uma nova era para os estados e municípios. Estimular o desenvolvimento de novas aplicações e serviços, buscando a eficiência e modernização das administrações públicas e privadas, é tarefa fundamental dos governos, operadoras e entidades desse setor”, afirma.

José Oswaldo Albergaria, diretor de Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado de Minas Gerais, compareceu ao primeiro painel do Minas Wireless, "O Plano Nacional de Banda Larga e as Cidades Digitais". Na opinião de Albergaria, a intervenção federal, no que concerne à utilização de todas as fornecedoras envolvidas nos processos de transporte de dados, é essencial para disseminar o  acesso à internet por meio de banda larga.

“O Minas Wireless pode mostrar ao poder público que existem empresas dispostas a apostar nestes investimentos em localidades distantes. E que a intermediação do governo é imprescindível para que estas empreitadas sejam coroadas de sucesso”, avalia, acrescentando que o evento será uma oportunidade para os participantes se inteirarem de temas atuais e empolgantes.

Com presença confirmada para o terceiro e último painel do Minas Wireless, “Casos de Sucesso das Cidades Digitais do Estado de Minas Gerais”, George Wilson Almeida, diretor de Rede da Empresa de Informática do Município de Belo Horizonte (Prodabel), acredita que  será uma ótima oportunidade para troca de experiências entre os participantes. “Neste tipo de evento, a interação é muito grande, o que é extremamente positivo, para que ninguém tenha que ‘reinventar a roda’”, diz.

Programação

O Minas Wireless foi marcado por grandes debates e pela presença de especialistas renomados. Na a cerimônia de abertura, esteve presente Sergio Roberto Belisário, superintendente geral da Cemig Telecom, e Paulo de Moura Ramos, presidente da Prodabel.

Em seguida, aconteceu o painel "O Plano Nacional de Banda Larga e as Cidades Digitais". Além de Albergaria, estiveram presentes nomes como Silvana Márcia Veloso Castro, diretora de Inclusão Digital da Prodabel, e Belisário, da Cemig Telecom.

O consultor Newton Scartezini foi o mediador do painel. Na sequência, ele fez a palestra “Cidades Digitais e Sustentabilidade: Modelo de Negócios”.

A próxima atividade foi o painel “Soluções e Aplicações de TIC para Municípios”, moderado por Thiago Chagastelles, gerente do Guia da Cidades Digitais. Na ocasião, estiveram presentes Joeval Oliveira Martins, gerente de Canais da Motorola, Luiz Frederico C. Rego Júnior, coordenador de Desenvolvimento de Produtos de Tecnologia da NETService, além de representantes da Minascontrol e da WNI.

Durante o painel “Casos de sucesso das Cidades Digitais do estado de Minas Gerais”, moderado por Abergaria, Almeida apresentou palestra sobre Belo Horizonte como Cidade Digital.

“Pretendo mostrar como iniciamos este projeto, o planejamento, o que já foi feito, em que ponto estamos e o que ainda há por fazer. Quero apresentar alguns números de atendimentos realizados, bem como as metas até 2012, já que o BH Digital é um dos projetos sustentadores do plano de governo do prefeito Márcio Lacerda”, conta Almeida.

O representante da Prodabel aposta que o evento ajudará a motivar novas aplicações de TIC pelo poder público em todo o estado. De acordo com Almeida, em Belo Horizonte, a atual administração busca uma grande mudança nos métodos de gestão, coleta, processamento e disponibilização de informações necessárias para as tomadas de decisão dos gestores. Tudo isso baseando-se em ferramentas de TIC.

“É importante que compartilhemos esta experiência com outros administradores municipais. Outras cidades mineiras terão uma ótima oportunidade de saber o que está sendo feito no Brasil, e como vem sendo implantado, para a informatização da gestão municipal”, afirma.

Data: 21 de junho de 2010
Autor: Gabriela Bittencourt

* fonte: Guia das Cidades Digitais


Tags deste artigo: tic internet furusho cidades digitais santanna cemig wireless banda larga minas gerais

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.