Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

404 Not Found

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Invalid feed format.

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

Linux Rep.Dominicana

404 Feed not found error: FeedBurner cannot locate this feed URI.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Libreboot não faz mais parte do GNU, mantenedora afirma estar reagindo a discriminação

19 de Setembro de 2016, 11:00 , por BR-Linux.org - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 352 vezes

Situação extremamente indesejada, mas preciso destacar: a matéria ainda está em discussão, e há várias partes envolvidas. A discriminação em questão (na forma da demissão de uma pessoa da FSF) foi alegada publicamente por uma pessoa (mantenedora do libreboot, que é um BIOS livre descendente do coreboot) que não é testemunha do que descreveu, e os representantes da FSF a negam com clareza (Richard Stallman também negou, e acrescentou que expor detalhes sobre o que aconteceu seria conveniente, mas não pode ser feito.

Os detalhes (incluindo a identidade da pessoa demitida) não são públicos. Depois da publicação do comunicado da FSF, a mantenedora do libreboot também publicou um comunicado a respeito. Embora ela fale no plural, outro desenvolvedor do libreboot também publicou um comunicado afirmando que ela fala só por si própria, e não em nome da comunidade do libreboot.

A discussão é longa e repleta de manifestações da emoção dos participantes, mas também de questões interessantes sobre o que aconteceu, muitas das quais permanecem em aberto.

Segue a descrição enviada pelo leitor:

Em uma ação bastante controversa por parte da Free Software Foundation, demitir um funcionário transgênero, Leah Rowe (também trans e líder do Libreboot) anunciou a cisão entre Libreboot e GNU nas listas de email. Segue abaixo uma tradução livre do email de Leah:

Olá, A Free Software Foundation recentemente demitiu um funcionário transgênero, apenas por ser trans e por conta de atitudes cissexistas e transmofóbicas de outras pessoas que escreveram negativamente sobre tal. A FSF achou melhor demiti-la ao invés dos ***** que praticaram bullying nela, por achar que ela estava causando dano potencial a FSF. Resultado, ela foi demitida.

Como uma pessoa trans, acho isto nojento.

Estou declarando aqui e agora para todo o mundo que o Libreboot não faz mais parte do projeto GNU. Não acredito que a FSF ou o projeto GNU mereçam existir.

Por favor, removam o libreboot da infraestrutura de lista de emails da GNU, e administradores do GNU Savannah por favor deletam a conta "lr". Eu sou dona do domínio libreboot.org e tenho a possibilidade de criar minha própria lista de emails para o projeto libreboot. Não desejo utilizar as listas GNU/nonGNU nunca mais.

O Libreboot não faz mais parte da GNU ou FSF. Venho por meio deste também denunciar a GNU e a FSF.

Vida longa a comunidade LGBT, e vida longa ao movimento do Software Livre. Enquanto isto, a FSF e a GNU poder ir se fo***

Leah Rowe

A discussão segue na lista (ver link de referência) com alguns membros respondendo em desculpas por ter chegado neste ponto.

Enviado por Nícolas Wildner (nicolasgauchoΘgmail·com)

O artigo "Libreboot não faz mais parte do GNU, mantenedora afirma estar reagindo a discriminação" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2016/01/libreboot-nao-faz-mais-parte-do-gnu-mantenedora-afirma-estar-reagindo-a-discriminacao.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.