Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Lei pró-software livre italiana é validada pelo judiciário

31 de Março de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 968 vezes

Trecho da Info:

A corte italiana validou uma lei que garante a liberdade de escolha para instituições governamentais que queiram utilizar software livre.

A norma foi aprovada há um ano pelo Conselho regional de Piemonte, que expressou sua preferência por soluções de código aberto, segundo a Associazione per il Software Libero.

Sua validade foi colocada em questão quando a presidência do Conselho de Ministros da Itália afirmou que essa preferência ia contra os princípios da competitividade.

No último dia 23 de março, foi garantida a validade da lei que sustenta o direito de escolha do software livre afirmando que ela não fere o mercado (via info.abril.com.br)


Fonte: http://br-linux.org/2010/lei-pro-software-livre-italiana-e-validada-pelo-judiciario/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.