Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Lançado Ardour 3.2 com suporte a extrair trilhas de áudio dos seus vídeos

21 de Junho de 2013, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 234 vezes

Enviado por João Fernando Costa Júnior (revistaΘespiritolivre·org):

“Paul Davis, o desenvolvedor líder do Ardour, anunciou recentemente o lançamento da versão 3.2 de sua estação de trabalho de áudio digital de código aberto (DAW – Digital Audio Workstation). A adição de maior destaque nessa versão é o suporte para vídeo, uma funcionalidade na qual o desenvolvedor Robin Gareus “esteve trabalhando por alguns anos”, de acordo com Davis. O suporte para vídeo permite que os usuários do DAW possam extrair, editar e mixar de forma fácil as trilhas de áudio associadas com o vídeo, enquanto são capazes de ver o vídeo em um preview.

A nova funcionalidade de vídeo pode apresentar trilhas de vídeo importadas com granularidade frame-by-frame em uma timeline, além de permitir que os usuários possam travar as trilhas de áudio para frames de vídeo individuais. Após o trabalho de edição ter sido finalizado, os usuários podem então exportar a trilha de áudio mixada para o novo arquivo de vídeo.

A funcionalidade foi projetada de forma modular e várias estações de trabalho podem ser combinadas para que assim uma delas apresente a timeline do vídeo enquanto outra permite que o usuário possa editar o áudio. Um servidor de vídeo dedicado também pode ser adicionado para essa configuração, que então cuidará do processo de decodificação e arquivamento atual dos arquivos editados e seus ativos. Porém, o desenvolvedor destaca que, atualmente, o Ardour não oferece a capacidade de edição de vídeo.” [referência: revista.espiritolivre.org]

O artigo "Lançado Ardour 3.2 com suporte a extrair trilhas de áudio dos seus vídeos" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2013/01/lancado-ardour-32-com-suporte-a-extrair-trilhas-de-audio-dos-seus-videos.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.