Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

GVC3200 – Sistema de videoconferência baseado em Android

30 de Julho de 2015, 12:00 , por BR-Linux.org - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 663 vezes

Enviado por Lino Neto (linoΘvirtx·com·br):

“O “GVC3200″ da Grandstream é um dispositivo de videoconferência baseado em Android que oferece seções de 9 vias SIP/Android, uma câmera HD com zoom de 12x e três telas HDMI.

Qualquer dispositivo Android com uma câmera frontal é potencialmente um dispositivo de videoconferência pessoal, especialmente agora que o Google Play tem aplicativos como Skype e Google Hangouts. No entanto, não temos visto muitos sistemas baseados em Linux ou Android que trabalhem com a classe empresarial, salas de videoconferência, apenas sistemas de conferência sem vídeo como o sistema DCN de conferência multimídia da Bosch baseado no Android. A única exceção recente que podemos recordar é o Chromebox do Google para reuniões, que roda no sistema Chrome OS baseado em Linux. O novo GVC3200 da Grandstream Networks provavelmente terá outros concorrentes Android nos próximos anos – possivelmente até mesmo o sistema DCN, que possui uma câmera de 3Mpixel que ainda precisa ser ativado. O GVC3200 está na página de produtos da Grandstream e está disponível para pré-venda por U$3,995. Este é um preço razoável para um sistema de videoconferência para a classe empresarial com uma MCU integrada, o que, neste contexto, se refere a uma unidade de controle multiponto ao invés de uma unidade de microcontrolador. A MCU do GVC3200 possibilita 9 vias com protocolos híbridos de conferência. Mais especificamente, você pode ter 4 vias de conferência em 1080p, 5 vias em 720p e 9 vias na resolução VGA. Os participantes remotos não precisam ter seu próprio sistema GVC3200, uma vez que este sistema opera com qualquer plataforma de terceiros que usem SIP, incluindo os sistemas VC da Blue Jeans, Cisco, Polycom, Huawei e o IpVideoTalk Pro da própria Grandstream. O sistema também pode se alinhar a qualquer aplicativo de videoconferência do Android, e há um aplicativo customizado para o Android disponível. Mais importante ainda, você pode misturar SIP e streams do Android na mesma sessão. Grandstream não provê nenhum detalhe sobre o processador que roda a pilha do Android 4.4.2, exceto que ele tem a “um processador de alto desempenho para mecanismos de ISP (Processamento de Sinal de Imagens)”. O fato do sistema ter três portas HDMI de 1080p que suporta três monitores simultaneamente, sugere que provavelmente seja uma geração recente do Intel Core, ou possivelmente um Intel Braswell SoC (System-on-Chip), embora alguns SoCs da ARM, incluindo o i.MX6, integra GPUs que podem suportar três saídas de vídeos simultaneamente. Skype, Skype for Business, e Hangouts estão todos incluidos em uma grande variedade de aplicativos Android. O sistema permite o compartilhamento de telas de computadores, gravadores de vídeo para videoconferências, e chamadas iniciadas e programadas. A câmera PTZ de 2 megapixel possui um sensor CMOS de 1/3 de polegadas, resolução HD, zoom de 12x e um campo de visão de 70°. Você ainda pode expandir os controles para 23° de inclinação e 90° de amplitude, que podem ser controlados local ou remotamente. A resolução de vídeo é de 1080p com frequência de 512kbps e de 720p a 384kbps, e se você só dispor de 64kbps, há uma variedade de formatos disponíveis para enviar sua face em pixels para os mais distantes cantos do planeta. Uma grande variedade de codecs de vídeo e voz também são suportados. O GVC3200 é equipado com portas gigabit Ethernet, dual-band 802.11n, e bluetooth 4.0 +EDR, que responde a um controle remoto com teclado multi-touch. O sistema suporta alto-falantes e microfones bluetooth de terceiros, e também possui um microfone embutido, um microfone externo, um alto-falante e uma porta de alto-falante. Um microfone e alto-falante em cascata estão identificados como pendentes. Outras características do sistema incluem 3 saídas HDMI, assim como uma entrada combo de VGA/HDMI com resolução até 1080p. Uma porta USB, slot SD, botão de reset, e tela OLED de 128×32 também são fornecidos. O sistema roda em uma rede elétrica de 100-240VAC, 50-60Hz, e tem saída de 12V. Muitos outros detalhes são fornecidos no datasheet disponível no link abaixo. O GVC3200 está disponível para pré-venda na B&H e The Telecom Spot por U$3,995, sem nenhuma menção de disponibilidade. Mais informações podem ser encontradas na página da Grandstream do produto GVC3200. Na The Telecom Spot também possui uma boa visão geral.” [referência: virtx.com.br]

O artigo "GVC3200 – Sistema de videoconferência baseado em Android" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2015/01/gvc3200-sistema-de-videoconferencia-baseado-em-android.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.