Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

GCC: Projeto GNU adota Clang para agilizar a distribuição de seu compilador

1 de Abril de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 327 vezes

Enviado por Leandro Santiago (leandrosansilvaΘgmail·com):

“A partir da versão 4.6.0 do conjunto de compiladores GCC, o projeto GNU passa a utilizar o compilador Clang, parte do projeto LLVM, para reduzir o tempo de construção das “compilações noturnas” – do inglês nightly builds.

Segundo Richard Stallman, autor original do GCC, mas que atualmente não contribui com código para o projeto, a utilização do Clang proporcionou uma diminuição do tempo de compilação (que são frequentes e demoradas, sendo realizados diariamente) da versão em desenvolvimento do GCC. Isso diminui a carga sobre os sistemas dedicados a esta tarefa, além de gerar executáveis com um código muito mais otimizado e compacto, o que que reflete também numa menor utilização de discos dos servidores da fundação GNU.

Ainda segundo Stallman, inicialmente houve certa resistência dos desenvolvedores do GCC – um grupo até chegou a se desligar do projeto com a criação de um fork chamado FCC (Free Compiler Collection), mas a maioria lidou bem com a ideia. Inicialmente houve um trabalho maior para portar partes do código do GCC, que utiliza extensões da linguagem, para o Clang, mas atualmente este processo já está praticamente finalizado.

De acordo com o hacker, esta reescrita de partes do código em linguagem C padrão, sem extensões, permitiu que o GCC se tornasse 100% portável, sendo compilável em qualquer compilador ANSI C, o que é essencial para este ecossistema.” [referência: leandro.setefaces.org]

Nota: Este post participa das comemorações mundiais realizadas imediatamente após o término do mês de março, quando jornais, emissoras, sites e outros meios de comunicação celebram com bom humor a tradição associada à data, e convidam seus leitores a fazer o mesmo. A notícia publicada no post é uma paródia sem base em fatos reais, e todas as marcas citadas pertencem a seus respectivos proprietários, que não têm participação no ato.


Fonte: http://br-linux.org/2011/projeto-gnu-utiliza-clang-para-agilizar-a-distribuicao-de-seu-compilador/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.