Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Dissecando logs no Varnish

28 de Março de 2013, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 731 vezes

Enviado por Hugo Cisneiros (Eitch) (hugoΘdevin·com·br):

“Depois de uma Introdução ao Varnish, temos mais um tutorial sobre ele:

Imagine você, sentado no sofá assistindo algo interessante, quando lhe vem de repente na sua mente: “Caramba! Será que meu Varnish está rodando bem o suficiente?” Então se levanta, bebe alguma coisa e se depara com o terminal do servidor. E agora, o que fazer? :-) Logs! Logs e estatísticas são sempre seus amigos para você fazer esse tipo de avaliação: desempenho, resolução de problemas, estatísticas…

O varnish, sendo um ótimo programa, fornece várias ferramentas que te ajudam a ver o que exatamente está acontecendo em seu servidor. Neste tutorial, vamos ver como usar essas ferramentas ao seu favor. Lembre-se que é sempre importante você avaliar o que está acontecendo e mexer para sempre deixar melhor do que estava!” [referência: devin.com.br]


Fonte: http://br-linux.org/2013/dissecando-logs-no-varnish/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.