Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

CUDA: Programe a sua NVIDIA na plataforma Linux

23 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 893 vezes

Enviado por Alessandro de Oliveira Faria (A.K.A. CABELO) (alessandrofariaΘnetitec·com·br):

“O uso orquestrado das GPU e CPU poderá mudar o rumo da computação, pois trabalhos que processam em dias poderão ser processados em horas. Na minha visão, screensavers que trabalharão em cluster, utilizando a GPU, permitirão acelerar trabalhos de pesquisas para o desenvolvimento da curas de doenças letais. Nos meus testes laboratoriais, a multiplicação de vetores com 50 milhões de elementos levaram 20µs na GPU contra 401742µs (microsegundos) na CPU. Para fechar o ano de 2009, disponiblizo um documento no Viva O Linux, onde menciono como instalar e compilar o SDK da NVidia.” [referência: vivaolinux.com.br]

Fonte: http://br-linux.org/2009/cuda-programe-a-sua-nvidia-na-plataforma-linux/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.