Gehe zum Inhalt
oder

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Mein Netzwerk

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tux Chile

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

getaddrinfo: Name or service not known

 Zurück zu FREE SOFTWAR...
Vollbild

Crônicas da Latinoware 2010 - Parte 5

Januar 26, 2011 0:00 , von Software Livre Brasil - 0no comments yet | Es folgt noch niemand diesem Artikel.
779 Mal angesehen:

http://softwarelivre.org/articles/0027/9026/Cesar_Bord.jpg?1292006621Cada vez mais fala-se em negócios na Latinoware. Na edição de 2010 privilegiamos a apresentação de vários modelos de negócios de toda a América Latina, em sessões que ocuparam boa parte do auditório principal nos dois primeiros dias do evento e culminaram com uma mesa redonda, coordenada pelo Moacyr Gomes do Gartner Latin America. Nossa meta era provar a todos a maturidade do software livre na geração de emprego e renda, mostrando casos reais cujas ideias pudessem ser replicadas. Mais do que isto, queríamos que os empresários que trouxemos para a Latinoware trocassem ideias entre si, criassem parcerias, fomentassem novos negócios. Nossa expectativa é a de que, em 2011, estas parcerias sejam temas de novas palestras e novos exemplos a serem seguidos.

Os modelos de negócios incluíam empresas tradicionais, cooperativas, comercialização de serviços e produtos em variadas formas de licenças. Corinto Meffe, Gerente de Inovações tecnológicas da Secretaria de Logística e TI do Ministério do Planejamento, defendeu a nova economia de bens intangíveis, onde a colaboração virá antes da competição. Ele explica bem isto em seu artigo para a Webinsider. O mesmo discurso de Corinto, proferido em outros eventos de tecnologia, poderia até causar alguma estranheza. Dentro do evento de negócios, que também é a Latinoware, ele ilustra essa nova economia já vigente.

O destaque da mesa redonda com os empresários foi a apresentação dos benefícios e conquistas obtidas e em um aspecto todos concordaram: o modelo de negócios em software livre é um sistema saudável, em que os colaboradores estão satisfeitos com seus papeis e torcem pelo sucesso do outro. Ta aí, Corinto, a colaboração antes da competição que antevias.

Moacyr Gomes, em entrevista na Latinoware, disse que "temos que criar coisas que resistam com o tempo. Isto é essencial para a sobrevivência do software livre. A segunda onda está chamando você a trabalhar com quem você concorre para poder se criar projetos sustentáveis. O Linux, por exemplo, estaria morto se outras empresas de tecnologia não tivessem abraçado a causa".

Mais sobre negócios e software livre nestas entrevistas e artigos do portal da Latinoware:

Na semana que vem, a última crônica desta série, com os devidos créditos ao final da história.

Esta crônica tem a colaboração de Joice Käfer.

Por Cesar Brod

- Crônica parte 1

- Crônica parte 2

- Crônica parte 3

- Crônica parte 4


Tags zu diesem Artikel: latinoware crônica brod

0no comments yet

Einen Kommentar schreiben

Die Felder sind zwingend erforderlich.

Wenn Sie ein registrierter Nutzer sind, dann können Sie sich anmelden und automatisch unter Ihrem Namen arbeiten.