Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tux Chile

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

404 Not Found

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Crônicas da Latinoware 2010 - Parte 5

26 de Janeiro de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 754 vezes

http://softwarelivre.org/articles/0027/9026/Cesar_Bord.jpg?1292006621Cada vez mais fala-se em negócios na Latinoware. Na edição de 2010 privilegiamos a apresentação de vários modelos de negócios de toda a América Latina, em sessões que ocuparam boa parte do auditório principal nos dois primeiros dias do evento e culminaram com uma mesa redonda, coordenada pelo Moacyr Gomes do Gartner Latin America. Nossa meta era provar a todos a maturidade do software livre na geração de emprego e renda, mostrando casos reais cujas ideias pudessem ser replicadas. Mais do que isto, queríamos que os empresários que trouxemos para a Latinoware trocassem ideias entre si, criassem parcerias, fomentassem novos negócios. Nossa expectativa é a de que, em 2011, estas parcerias sejam temas de novas palestras e novos exemplos a serem seguidos.

Os modelos de negócios incluíam empresas tradicionais, cooperativas, comercialização de serviços e produtos em variadas formas de licenças. Corinto Meffe, Gerente de Inovações tecnológicas da Secretaria de Logística e TI do Ministério do Planejamento, defendeu a nova economia de bens intangíveis, onde a colaboração virá antes da competição. Ele explica bem isto em seu artigo para a Webinsider. O mesmo discurso de Corinto, proferido em outros eventos de tecnologia, poderia até causar alguma estranheza. Dentro do evento de negócios, que também é a Latinoware, ele ilustra essa nova economia já vigente.

O destaque da mesa redonda com os empresários foi a apresentação dos benefícios e conquistas obtidas e em um aspecto todos concordaram: o modelo de negócios em software livre é um sistema saudável, em que os colaboradores estão satisfeitos com seus papeis e torcem pelo sucesso do outro. Ta aí, Corinto, a colaboração antes da competição que antevias.

Moacyr Gomes, em entrevista na Latinoware, disse que "temos que criar coisas que resistam com o tempo. Isto é essencial para a sobrevivência do software livre. A segunda onda está chamando você a trabalhar com quem você concorre para poder se criar projetos sustentáveis. O Linux, por exemplo, estaria morto se outras empresas de tecnologia não tivessem abraçado a causa".

Mais sobre negócios e software livre nestas entrevistas e artigos do portal da Latinoware:

Na semana que vem, a última crônica desta série, com os devidos créditos ao final da história.

Esta crônica tem a colaboração de Joice Käfer.

Por Cesar Brod

- Crônica parte 1

- Crônica parte 2

- Crônica parte 3

- Crônica parte 4


Tags deste artigo: latinoware crônica brod

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.