Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tux Chile

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Artigo traduzido: Experimentando o Linux Mint Debian Edition

30 de Setembro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1114 vezes

Enviado por Julio Cesar Bessa Monqueiro (julioΘgdhpress·com·br):

“Mais uma tradução do DistroWatch Weekly, desta vez sobre o novo Mint edição Debian, por Roberto Bech:

“Há muitas coisas no Linux Mint que me agradam. Para começar, ele não tenta reinventar a roda. O Mint está mais para um aprimoramento do Ubuntu do que para uma distro totalmente independente. Ele está mudando (na minha opinião, melhorando) a experiência do Ubuntu, sem ter que começar tudo do zero. Outro ponto a favor do Mint é que em vinte minutos você instala todo o sistema, sem ter que configurar nada nem acrescentar repositórios. Aparentemente os desenvolvedores (e a comunidade do Mint) decidiram que seria melhor ter mais edições, então a equipe preparou o LMDE (Linux Mint Debian Edition). Ao contrário de outras edições do Mint, baseadas no Ubuntu, o LMDE usa pacotes do repositório do Debian Testing, e pode ser atualizado indefinidamente de uma versão para a outra, sem a necessidade de reinstalação.”

Leia em: http://www.guiadohardware.net/artigos/experimentando-mint/” [referência: guiadohardware.net]


Fonte: http://br-linux.org/2010/artigo-traduzido-experimentando-o-linux-mint-debian-edition/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.