Ir para o conteúdo

FISL16

ou

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Intercâmbio livre: Entrevista com Yorik Van Havre - FreeCAD

2 de Fevereiro de 2015, 18:57 , por Mariel Zasso - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 592 vezes
Traduções

Yorik van Havre no Fisl14.

No último fim de semana, Bruxelas (Bélgica) sediou a 15º edição do FOSDEM, tradicional encontro europeu de desenvolvedores de software livre e open source. Como o FISL, o FOSDEM é  montado ano a ano com o esforço da comunidade, e o apoio de patrocinadores.

Com um pé lá e outro cá, Yorik Van Havre, arquiteto belga radicado no Brasil, foi um dos palestrantes convidados, e foi até lá para contar sua contribuição como desenvolvedor do FreeCAD.


Yorik, que já participou de outras edições do FISL como participante, oficineiro e também com palestra selecionada pela comunidade, volta a Porto Alegre em 2015 como convidado do comitê de programa para compartilhar conhecimentos técnicos do projeto FreeCAD.


Traduzimos abaixo a entrevista do FOSDEM para você começar a conhecer desde já um pouco mais sobre esta interessante ferramenta.

 

FOSDEM: Você pode se apresentar brevemente?

 

Yorik: Eu sou um arquiteto (o tipo que constrói casas, não informação), moro no Brasil, mas sou belga, e eu também sou um dos principais desenvolvedores de FreeCAD. Entrei para o projeto por volta de 2008, porque, como muitos outros, eu me sentia refém das poucas soluções de software comercial disponíveis para arquitetos e cheguei à conclusão de que se o que você precisa não existe, a melhor maneira é fazê-lo você mesmo. O FreeCAD parecia, e provou ser, uma plataforma incrível para desenvolver ferramentas orientadas para arquitetura, e isso é a maior parte do que eu tenho feito com ele desde então.

 

FOSDEM: Do que tratará sua palestra no FOSDEM exatamente?

 

Yorik: Principalmente sobre o mix tecnológico particular que é o FreeCAD hoje, como se tornou uma "Python beast”, onde quase 100% dos internals são abertos e disponíveis para qualquer usuário com um conhecimento mínimo da linguagem Python, o que lhe dá, basicamente, os mesmos poderes que um desenvolvedor C ++ completo, e como isso contribuiu para criar o ecossistema técnico/social particular que se formou em torno do FreeCAD, que agora orienta ou muda o sentido de muitas decisões de design, e o transformou em um verdadeiro projeto de comunidade, sem uma separação mais rigorosa entre os usuários e desenvolvedores.

 

Além disso, vou mostrar a maneira pedagógica muito original como o FreeCAD introduz o usuário na linguagem Python, e o ajuda a subir a inevitável íngreme curva de aprendizado de uma aplicação técnica complexa. Finalmente eu vou mostrar um par de exemplos de utilidade concreta deste para os usuários e que o eles podem alcançar.

 

FOSDEM: O que você espera realizar, dando essa palestra?

 

Yorik: Espero mostrar um exemplo muito bem sucedido de "acesso total ao scripting" sem sacrificar nada em termos de eficiência, como isso teve um impacto enorme sobre o que a comunidade faz com o software, e como esse impacto tem impactado de volta no FreeCAD, e como tudo isso está começando a fazer muito sentido hoje, quando a conectividade é tudo.

 

 

FOSDEM: Quais são alguns dos modelos 3D mais complexos que você conhece que foram projetados com FreeCAD?

 

Yorik: Nós temos uma seção especial no nosso fórum que vai lhe dar uma boa idéia do que as pessoas fazem com ele. Como o FreeCAD não tem uma única especialidade, você tem um pouco de tudo, desde uma pequena peça de plástico ou pequenos dispositivos eletrônicos até grandes projetos de arquitetura (se vocês me permitem uma pequena auto-promoção). Mas os meus favoritos são, definitivamente, quando as pessoas desenvolvem suas próprias máquinas de impressão em 3D, como a Prusa i3 ou a Witbox, com FreeCAD … E isso é certamente apenas o começo...

 

Mas você perguntou sobre o mais complexo, acho que poderia bem ser este conjunto de locomotiva e vagão.

 

FOSDEM: Como é a comunidade FreeCAD? Existem muitos usuários e desenvolvedores FreeCAD?


Yorik: A comunidade FreeCAD é incrível. É altamente experiente tecnicamente, muitas pessoas estão lá há anos, vários conhecem o software melhor do que eu, e nenhum desenvolvedor FreeCAD em sã consciência jamais iria tomar qualquer decisão séria sem consultar os antigos sábios da comunidade. Hoje em dia, com o advento da impressão 3D, vem um monte de "fuçadores 3D", que muitas vezes se sentem particularmente à vontade para mexer com esta "ferramenta programável”. Isso também tem uma grande influência sobre a direção que o FreeCAD está tomando. Como a separação arcaica entre desenvolvedor e usuário sumiu, uma vez que quase todos os usuários regulares já desenvolveram algo de alguma forma ao longo do caminho, a separação entre as esferas "profissionais" e "amadoras" também está desaparecendo.

 

FOSDEM: Como as pessoas interessadas podem contribuir para o projeto FreeCAD? Em que domínios que você poderia usar alguma ajuda?


Yorik: No momento, o FreeCAD é um aplicativo bastante complexo, com enorme funcionalidade exposta ao usuário que possa fazer alguns scripts Python, mas com muito poucas ferramentas e controles de interface gráfica amigável. Como resultado, pode ser bastante difícil para os recém-chegados à espera de um aplicativo de modelagem 3D como de costume. O que é mais necessário, basicamente, é tudo o que pode ajudar a preencher a lacuna entre os usuários e FreeCAD: melhores ferramentas para interfaces gráficas em FreeCAD, é claro, mas também tutoriais e melhor documentação.

 

A grande conectividade e modularidade do FreeCAD também faz com que seja muito fácil de estender o diálogo com outras aplicações. Se você trabalha com qualquer área que esteja remotamente ligada à modelagem 3D, pode ser extremamente fácil de fazer o FreeCAD servir para isso. E de fato, é assim que a maioria das pessoas envolvidas com o desenvolvimento FreeCAD hoje começou ...

 

FOSDEM: Quais os novos recursos que podemos esperar este ano em FreeCAD?

 

Yorik: Felizmente, a maior e mais esperada, que é o módulo de montagem (um módulo que vai lidar com inter-relações dos objetos), será lançada neste ano. Mas temos também outras características importantes que estão chegando ao fim de seu desenvolvimento e serão incorporadas em breve, como o módulo de Path, o que permitirá a produção e manipulação de percursos utilizados por máquinas de corte industriais diretamente no FreeCAD, e, portanto, permitirá fabricar objetos FreeCAD diretamente com estas máquinas. Vou tentar falar um pouco sobre isso também.

 

Outra característica que está quase pronta é um módulo planilha renovado e finalmente decente para o futuro, o que vai melhorar muito a geração de listas de materiais.

 

FOSDEM: Você gostou das outras edições do FOSDEM?

 

Yorik: Na verdade, eu tenho que admitir que este será o meu primeiro... Mas eu sei sobre ele há algum tempo, você sempre cai em algum vídeo do FOSDEM no YouTube...


Entrevista original em inglês aqui.


Tags deste artigo: yorik van havre palestrantes fisl16 freecad fosdem

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.


<script src="https://s7.addthis.com/js/152/addthis_widget.js"></script>