Ir para o conteúdo

FISL16

ou

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

As mulheres no mercado de TI em debate no FISL16

11 de Julho de 2015, 15:01 , por Lis Rodrigues - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1086 vezes

O 16º Fórum Internacional Software Livre (FISL) debateu as mulheres no mercado de trabalho de TI, na tarde dessa sexta-feira, 10 de julho, no Centro de Eventos da PUCRS. Apresentando visões de profissionais de diversas áreas com o objetivo de debater o assunto, o painel reuniu Loiane Groner, IT Specialist no Citibank; Luciana Bolan Frigo, doutora em Informática pela Universidade de Toulouse 1 (França); Claudia Melo, diretora de Tecnologia da ThoughtWorks Brasil e a mediadora do debate, Adriana Costa, analista de sistemas e membro da comunidade Curitiba Livre.

Luciana Frigo iniciou falando sobre o cenário atual revelando que já é possível ver o resultado da luta pela valorização das mulheres na tecnologia. “Percebemos que algumas alunas do Ensino Médio têm se interessado em conhecer mais sobre o tema. Também constatamos que a maioria não busca a área por desconhecimento, ou seja, não tem noção do que se faz como profissional desse ramo”, disse.

A igualdade entre as pessoas foi a abordagem central de Claudia Melo. “Como o problema é sistêmico e envolve outras questões como educação e motivação, o resultado se torna mais lento. O grande resultado é algo que estamos construindo para as próximas gerações”, revelou. Além disso, a painelista destacou a importância do espírito empreendedor e destacou que o baixo número de mulheres na área é causado pela desvalorização das empresas e da própria sociedade que cobra delas uma postura mais tradicional.

Um das sete alunas mulheres de uma turma de 50 pessoas na universidade em que se formou, Loiane Groner contou sua trajetória no mercado e destacou a importância de conhecer a profissão. “Quando cheguei à sala de aula não sabia o que era programação. Minha primeira aula foi de logaritmos”, disse. Adriana Costa divulgou dados do Instituto Brasileiro de Governança sobre o cenário das mulheres no mercado de trabalho. Entre os destaques, está o número de executivas que não chegam a 8%. 

Informações para imprensa:

Enfato Multicomunicação

Juliana Winge – juliana.winge@enfato.com.br – (51) 9276.5965 - coordenação
Mariana Turkenicz – mariana@enfato.com.br – (51) 8121.7062 – direção
Tel.(51) 30.261.261
www.enfato.com.br


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.


<script src="https://s7.addthis.com/js/152/addthis_widget.js"></script>