Ir para o conteúdo
fisl 13
25 a 28 de julho
de 2012
Centro de Eventos da PUCRS
Porto Alegre — Brasil
ou

Software Livre Brasil

Inscritos

Patrocinadores

Provas LPI

fisl13

Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
 Voltar a Noticias do ...
Tela cheia Sugerir um artigo

Projeto GIMP lança a versão estável 2.8

4 de Maio de 2012, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1411 vezes
Traduções



Depois de três anos de esforço e desenvolvimento colaborativo, o Projeto GIMP lança a versão 2.8, com melhorias e inovações tanto na interface e na usabilidade quanto nas ferramentas e funcionalidades do programa.

Na parte da interface gráfica, existe agora uma opção para se ter somente uma janela com todos os elementos do programa. O modo anterior de janelas flutuantes continua sendo o padrão, mas se você escolher o modo de janela única, ele será salvo e preservado na sua configuração.

A versão 2.8 do GIMP permite diálogos encaixados em múltiplas colunas. Para criar uma nova coluna, simplesmente arraste e solte um diálogo nos limites verticais de uma janela. Esta é uma funcionalidade interessante em uma configuração multi-monitor, onde um dos monitores fica com todos os diálogos e ferramentas, enquanto o outro fica com as imagens.

O GIMP 2.8 traz também um novo conceito em exportação de arquivos. Salvar e exportar imagens agora são operações claramente separadas. Salvar uma imagem só pode ser feito no formato XCF, que é o formato padrão do editor. Para obter imagens em outros formatos, existe a operação Exportar, a partir do menu Arquivo. Esta distinção torna claro a preservação de todas as informações da imagem, quando usada a opção Salvar. Existem algumas otimizações para fluxos de trabalho alternativos, tais como abrir um jpg, trabalhar nele, exportar rapidamente para o mesmo arquivo original. Esta modificação permitiu que acabassem os diálogos irritantes sobre "achatar" a imagem, quando salvar em formatos que não permitiam camadas.

As camadas da imagem ganham uma nova funcionalidade: poderão ser agrupadas em grupos de camadas, como em uma estrutura em árvore. Para trabalhos complexos, a estrutura "plana" anterior era um limitante.

A edição de texto passa a ser feita na própria imagem, em vez de em uma janela separada. Todos os atributos da imagem - posição, fonte, tamanho, alinhamento - poderão ser editados desta forma.

Todo o desenho das ferramentas foi portado para Cairo, para obter gráficos suaves e modernos, dignos das expectativas dos usuários. Quase todas as extensões - com exceção de apenas algumas poucas - foram também portadas para Cairo. Adicionalmente, as ferramentas agora usam um indicador de progresso direto na tela, em vez de na barra de status.

Como sempre, o GIMP pode ser encontrado em seu website. E aqui estão as Notas de Lançamento da versão 2.8. O download do código-fonte pode ser feito neste link. Para obter o pacote binário para a sua distribuição, será provavelmente necessário aguardar uns dias, uma vez que o lançamento da nova versão ainda é bem recente (3 de maio de 2012).

Guilherme Razgriz, Diretor Executivo da Escola de Computação Gráfica Cria Livre, e participante ativo da comunidade do fisl, conta que está curioso para saber qual será a reação de seus alunos quanto à nova interface do GIMP (mas que, pessoalmente, vai continuar trabalhando à moda antiga :). Ele diz ainda que para o #fisl13 deverá propor atividades baseadas no GIMP:

"Sim, pretendo levar várias atividades envolvendo o Gimp , mas tudo vai depender se elas forem aprovadas e se eu conseguir separar uma verba para ir ao evento, fora isso  é claro que pretendo fazer tudo com a versão nova sim!"

Todos os anos, a área de produção gráfica e multimídia está sempre bem representada no fisl. Na edição do ano passado aconteceram palestras e oficinas ligadas ao editor de imagens. Também aconteceram atividades sobre o editor vetorial Inkscape e o pacote de animação Blender 3D. Para saber a programação do fisl13, fique ligado na chamada de trabalhos!


Tags deste artigo: gimp 2.8 nova versão oficinas palestras artes gráficas