Ir para o conteúdo
29 JUN / 02 JUL 2011
Centro de Eventos PUCRS - Porto Alegre - Brasil
Agende-se para o fisl13! De 25 a 28/07/2012
ou

<a href='/fisl12/patrocinadores'><span>Patrocinadores</span></a>

<a href='/fisl12/mostra-de-solucoes-e-negocios-livres'><span>Mostra de Negócios Livres</span></a>

Transmissão

Nossa Rede!

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Robótica Livre é atração do fisl12

1 de Junho de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 1Um comentário | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1391 vezes
Traduções

Img_2922__1024x683___800x534_Todos os dias, milhares de aparelhos e equipamentos eletrônicos - como TVs, computadores e outros - são substituídos, pois tornaram-se obsoletos. Isso acontece devido à velocidade com que novos aparelhos são lançados e novas tecnologias surgem, contribuindo para o aumento da chamada sucata eletrônica.
 
Mas o que é visto como lixo por alguns, é matéria-prima para os instrutores de robótica Livre da Inclusão Digital Marista, de Santa Maria e  Porto Alegre. Adolescentes de comunidades carentes desenvolvem projetos de robótica com a utilização de sucata, componentes de informática e software livre.
 
Um dos projetos executados pelos alunos do Centro Marista de Inclusão Digital será destaque no 12º Fórum Internacional Software Livre – fisl12. O carro totalmente produzido com lixo eletrônico e software livre se locomove até 4 horas sem necessidade de recarregar as baterias.
 
Segundo o Coordenador do GT Robótica do fisl12, Eloir José Rockenbach, a robótica contribui para o desenvolvimento das comunidades e preservação do meio-ambiente, à medida em que evita que peças altamente tóxicas sejam descartadas na natureza.
 
Para ele, a utilização do software livre e sucata proporciona aos desenvolvedores maior liberdade para a produção dos projetos. Além disso, contribui para a transmissão da filosofia da colaboração entre os participantes. “A robótica livre deve ser entendida como uma troca constante de conhecimentos. Todos os projetos são públicos e a única competição que existe é do desenvolvedor com a sua própria capacidade criativa”, explica.
 
Este ano as atividades de robótica ocuparão dois espaços distintos no fisl12. O Festival de Tecnologias Livres, onde acontecerão nove oficinas relacionadas à robótica livre e o Atelier Livre, uma iniciativa que tem como inspiração a metareciclagem e as olimpíadas de robótica livre. Conforme Eloir, o Atelier Livre tem por objetivo ser um espaço para reunir as tribos da cultura digital livre, realizando hacking de cacarecos, improvisação, oficinagem.
 
“Pensamos na tecnologia como algo a ser explorado e desmistificado, onde todos possam entendê-la o suficiente para criar seus próprios artefatos. Há décadas especialistas tem nos feito acreditar que a tecnologia é como uma caixa preta e buscamos reverter esse quadro”, salienta .
 
O fisl12 será realizado de 29 de junho a 2 de julho, em Porto Alegre, no Centro de Eventos da PUCRS, e terá atividades voltadas às mais diversificadas áreas. Acompanhe as notícias pelo site http://www.softwarelivre.org/fisl12.


1Um comentário

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.