Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Eslinux

Posts do blog

Outros posts

Invalid feed format.

 Voltar a Eslih
Tela cheia

Guia Iniciante - Sobre Comandos e Permissões

29 de Outubro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1141 vezes

Motivo:

Apenas posto este material, para servir de apoio a algumas pessoas que me pediram, ao invés de ficar enviando por e-mail, posto aqui, pois pode ajudar mais, caso alguém esteja procurando. Estes também são as atividades propostas nos exercicios e portfolios do curso "Sistemas Operacionais I"

Claro que, isso abaixo, é facil de encontrar em qualquer forum de qualquer distro, além do guia "Foca Linux", e 90% dos livros "meia-boca" possui este material em suas primeiras paginas.

Neste texto, listo alguns comandos básicos no bash, e trato sobre as permissões básicas. Lembre-se existe permissões especiais, como SUID e SGID, Sticky, além de atributos estendidos, como immutable e append, estes não trato no texto, mas podemos abordar mais a frente.

 

COMANDOS:

Um comando é uma palavra especial que representa uma ou mais ações.

Ao digitar um comando, ele pode ser seguido ou não por opções/argumentos, que são caracteres ou strings de texto ou números,

precedidos por 1 ou 2 hífens ( - / - - ).

Os comandos podem ser internos (a um determinado Shell, não ao S.O.), ou externos (programas utilitários armazenados em disco).

 

Man, help, info ---- exibe informações sobre comandos, programas, etc.

ls ---- lista arquivos de um diretório (pasta)

rm ---- remove diretórios

cp ---- copia arquivos

mv ---- move arquivos

mv ---- renomeia arquivos

cat, more, tail ---- mostra conteúdo de um arquivo

pwd ---- mostra o diretório corrente

mkdir ---- cria pasta

rmdir ---- apaga pasta

cd ---- navega entre os diretórios

find ---- localiza arquivos

who ---- mostra os usuários conectados e seus respectivos terminais

whoami ---- exibe usuário atual

adduser ---- adiciona usuário ao sistema

userdel ---- remove usuários do sistema

passwd ---- altera a senha

chmod ---- altera permissões

mount, unmount ---- “habilita” e “fecha” dispositivos conectados ao computador.

chown ---- altera o proprietário do arquivo

chgrp ---- altera o grupo a qual pertence o arquivo

groupadd ---- cria um novo grupo

usermod ---- altera informações da conta de um usuário

kill ---- finaliza um processo

ps ---- mostra um quadro atual e estático dos processos em execução

top ---- exibe me tempo real os processos sendo executados

su ---- troca de usuário

sudo --- Permite a um usuário autorizado, executar um comando como superusuário (root)

lsmod ---- lista os módulos carregados

insmod ---- carrega / instala um módulo

lsdev ---- lista o hardware instalado e informações de cada dispositivo

lspci ---- exibe informações sobre os barramentos PCI e os dispositivos conectados a eles

lsusb ---- exibe informações sobre os barramentos USB e os dispositivos conectados a eles

PERMISSÕES

As permissões são um dos pontos mais importantes e essenciais nas distribuições linux, desde servidores até desktops domésticos.

Uma permissão aplicada a um documento ou diretório determina o que os usuários do sistemas podem ou não podem fazer, como por exemplo, a leitura desse arquivo, edição e execução.

As permissões são aplicadas a todos os arquivos do

Comandos:

chmod → Altera as permissões do arquivo

chown → Altera o proprietário do arquivo

chgrp → Altera o grupo a qual pertence o arquivo

 

r - Read - ler → permite ou não a leitura do arquivo ou abertura do diretório

w - Write - escrever → permite ou não a edição/alteração do arquivo ou gravação em um diretório

x - eXecute - executar → permite ou não a execução de um arquivo

x = 1, w = 2, r = 4

 

Podemos determinar em um arquivo quais usuários terão acesso a ele e com qual finalidade, como apenas ler ou gravar.

Cada usuário do sistema possui três conjuntos de permissões para cada arquivo= “r”, “w” e “x”.

 

Os grupos são categorias (conjunto) de usuários, e eles possuem um grupo distinto de permissões para os arquivos.

Um usuário é dono de um arquivo e tem suas permissões, este usuário pode pertencer a vários grupos, mas estes grupos (outros usuários que também pertencem a este mesmo grupo) possuem permissões diferentes em relação ao arquivo daquele usuário.

Temos então, a possibilidade e necessidade de atribuir permissões diferentes para o dono do arquivo (u), para o grupo (g), para outros usuários (o), ou para todos (a).

 

Cada arquivo tem um UID (User ID), e um GID (Group ID), que mostra quem é o dono do arquivo, e a qual grupo ele pertence.

Ao definir as permissões, podemos usar letras (rwx), ou usar o formato octal,

que são 8 números (de 0 à 7) que correspondem a permissões especificas cada.

octal   letras   binário

0     - - -     000 → Nenhuma Permissão

1    - -x      001 → executa o arquivo, entra no diretório

2     -w-     010 → apenas grava

3     -wx     011 → grava e executa

4     r- -       100 → apenas lê

5     r- -x     101 → lê e executa o arquivo

6     rw -      110 → lê e grava

7    rwx       111 → permissão total com os arquivos e/ou diretorios

 

 

Para alterar as permissões, utilizamos os comandos:

 

Chown → Altera o proprietário do arquivo

root# chown <nome do novo dono> <nome do arquivo>

 

chgrp → Altera o grupo a qual pertence o arquivo

root# chgrp <nome do novo grupo> <nome do arquivo>

 

chmod → Altera as permissões do arquivo

Chmod ugo+rwx <nome do arquivo ou pasta>

Chmod 777 <nome do arquivo ou pasta>

 

No comando, definimos qual usuário(s) estamos relacionando (através das letras ugoa), quais as permissões (usando a forma octal ou alfabética) e por fim, qual o arquivo ou diretório.

Ainda na linha de comando, adicionamos os simbolos “+”, “-” ou “=”.

+ --> adiciona as permissões especificadas no conjunto de permissões já existentes do arquivo

- -->  remove as permissões especificadas do conjunto de permissões pertencentes ao arquivo

= --> altera as permissões para as novas que estão sendo definidas.

 

_____________________________________________________________

=]  Bem, é isso aí, qualquer coisa, veja as "man pages" no linux, ou o Foca Linux....



Tags deste artigo: comandos iniciante permissões no linux tutorial

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.