Ir para o conteúdo
 

Blog RSS feed

ou

 Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Maratonas hackers facilitam transparência pública em Salvador

22 de Janeiro de 2014, 16:27 , por Matheus de Mendonça Sampaio - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 422 vezes

 


Entre os meses de outubro e dezembro de 2013, diversas entidades estiveram reunidas na cidade de Salvador em HackingDays, maratonas hackers para elaborar soluçõoes tecnológicas para o projeto Jogos Limpos Dentro e Fora dos Estádios. Entre as entidades participantes estiveram a Colivre, a Transparência Hacker, o Instituto Ethos, a Quequeré Jogos, o Movimento Desocupa, e o Coletivo Mobicidade.

A ideia desta edição de HackingDays surgiu depois da divulgação dos Indicadores de Transparência feitos pelo projeto Jogos Limpos. Na época, a cidade de Salvador obteve uma pontuação muito baixa na escala de transparência, cerca de 14,5 pontos numa variação de 0 a 100.
A proposta dos encontros é possibilitar uma verdadeira maratona para colocar a "mão na massa" através da produção de sites, jogos, aplicativos, infográficos, pedidos de acesso a informações e outras ferramentas que facilitem a transparência pública na cidade de Salvador.  “Uma das coisas mais legais do evento foi que ele ajudou ao grupo de  pessoas em Salvador que já estava conversando sobre transparência  começasse a tocar os projetos”, afirma Guilherme Cianfarani, membro da Quequeré Jogos que participou como facilitador de um HackingDay. 

Os HackingDays são conhecidos também como Hackathons (maratonas hackers) e suas edições tem acontecido em todo o mundo reunindo hackers empenhados em contribuir com soluções para a área pública nos mais diversos setores como saúde, educação, transporte, mobilidade urbana e tem dado contribuições importantíssimas na participação da sociedade civil na gestão pública. Um grupo envolvendo membros da Colivre e colaboradores do Software Livre tem promovido HackingDays em Salvador desde o final de 2012.
Entre os projetos desenvolvidos nos HackingDays de mobilidade estão:    
    
  • Blog  para protestar com humor sobre o Metrô de Salvador, cuja obra já dura  quase 17 anos – 501 coisas mais fáceis construir do que o metro de  Salvador : http://metrossa.tumblr.com/
  • Inicio do desenvolvimento de mapa com pontos de ônibus, criado de forma colaborativa, em Salvador.
  • Inicio do desenvolvimento de plugin para o site Queremos Saber (http://www.queremossaber.org.br/)  para solicitar informações via protocolo da ouvidoria-geral de  Salvador. Enquanto o programa não fica pronto, já é possível fazer  pedidos de informação pelo site, mas sem gerar um protocolo, neste link.
Veja aqui o vídeo do segundo HackingDay, que aconteceu no dia 12 de novembro de 2012: http://www.youtube.com/watch?v=sZBUUnZEX6w

Tags deste artigo: hackingday copa 2014 hackathon

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.