Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

News!

404 Not Found

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Novidades do Blog do Campus Party Brasil

2 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

A comunidade oficial da Área de Software Livre na Campus Party está neste link: http://softwarelivre.org/slcampusparty


Número finais: produção e tecnologia!

2 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Esses são para deixar qualquer campuseiro de boca aberta. Dá uma olhada nesses números aí:

Área total do evento: 45 mil

Cabos de rede: 40.000 metros

Cabos de friba ótica: 20.000 metros

Cabos de rede elétrica: 18.000 metros

Taxa de upload: 66%

Taxa de download: 44%

Visitas ao site oficial: 180 mil durante os sete dias do evento

Visitas ao blog oficial: 30 mil durantes os sete dias do evento

Pessoas envolvidas na organização e montagem: 900

Empregos indiretos: 2.700

Refeições servidas (refeitório): 30 mil, cerca de 13,5 toneladas de comida

Bebidas servidas (água ou refrigerante no refeitório): 5,4 mil litros

Papel higiênico utilizado: quase 50 mil metros



Números finais: os conteúdos!

2 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Se a participação dos campuseiros foi fantástica, a escolha dos conteúdos disponibilizados certamente tem a sua parte neste processo. Confira alguns detalhes relativos a eles:

Número de atividades: 553 (cerca de 700 horas)

Inscritos por zona: Criatividade – 2.124 (35,4%), Inovação – 2.046 (34,1%), Entretenimento Digital – 1.188 (19,8%) e Ciência – 636 (10,6%)

Áreas com maior número de inscritos: Blog (19,1%), Desenvolvimento (18,2%) e Jogos (15,1%)



Números finais: os campuseiros!

2 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

A Campus Party Brasil terminou no último domingo, mas nossa equipe segue a milhão para  divulgar os números finais do evento. Primeiro, vamos trazer os detalhes sobre os campuseiros, cuja participação maciça resultou naquele que é O MAIOR EVENTO DE INTERNET DO MUNDO!

Campuseiros acampados: 3.877

Homens: 4.448 (74,8%)

Mulheres: 1.552 (25,2%)

Menores de 18 anos: 480 (8%)

Entre 18 e 29 anos: 4.080 (68%)

Entre 30 e 49 anos: 1.200 (20%)

Maiores de 50 anos: 240 (4%)

Inscritos com computador: 3.900 (65%); destes, 76,2% com computador portátil

Por Estado: inscritos dos 27 Estados

Estados com maior número de inscritos: São Paulo (58%), Rio de Janeiro (17,2%) e Minas Gerais (9,6%)

Por país: 20 países, entre os quais Colômbia, México, Espanha, Suécia, Peru, Guatemala, França, Chile e Argentina;



Campus Party TV bombou!

31 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Obrigado, campuseiros! Os números de acesso a nossa Campus Party TV são incríveis! Recebemos a visita de 44863 ip’s únicos, que totalizaram 276418 visualizações. Os números levam em conta os acessos feitos desde a primeira coletiva de imprensa, passando pela montagem da Arena até o dia de ontem, quando rolou o encerramento do evento.

Foram colocados no ar até 12 canais simultâneos, e tudo isso só aconteceu graças a ajuda de todos os voluntários. Sua experiência e dedicação, unidos a chance de participar nesta oportunidade ímpar de transmissão pela internet, foram a grande razão deste sucesso.

E lembramos: no canal oficial da Campus Party Brasil no Youtube, temos uma enorme quantidade de conteúdos disponíveis! Acessa lá!



Superfoto da Arena

31 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

A Campus Party Brasil 2010 vai se despedindo, os espaços sendo desmontados e os campuseiros (foto) arrumando as malas para tomar o caminho de volta para casa. Se você já está com saudades do evento, aí vai uma superfoto oferecida pelo coordenador da área de fotografia do evento, Renato Targa, para vocês.

Quem sabe seu rosto não aparece ali?



AzeroX já passou os vencedores!

31 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Atenção, felizardos! Vocês estão convocados para, as 11h, irem ao estande da AzeroX na Área Expo buscarem suas premiações!

Vencedores TOP 100 Azeradores:

Primeiro colocado: Rafael Valois (R$ 4 mil)

Segundo colocado: Eduardo Arantes (R$ 2 mil)

Terceiro colocado: Igor Oliveira (R$ 1 mil)

Mascote:

Vencedor: Ozniel Amaral Vilela (R$ 1 mil)



AzeroX fecha com mais R$ 8 mil em prêmios!

31 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Logo mais, às 11:00hs, no estande do AzeroX, será feita a premiação para os 3 vencedores do concurso Top 100 Azeradores. O primeiro lugar receberá um premio de R$ 3 mil (e mais R$ 1 mil se for campuseiro), o segundo lugar, um prêmio de R$ 2 mil, e o 3o lugar, R$ 1 mil.

Ainda estaremos divulgando o vencedor entre os mascotes enviados para mascote@azerox.com.br, que levará R$ 1 mil. E mesmo quem não estiver entre os primeiros, compareça! Ainda sortearemos alguns livros autografados do Marcelo Tas!

Vá lá descobrir se você não ficou um pouquinho mais rico neste domingão!



Aberto para balanço!

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Campuseiros, ainda não acabou essa reta final. Mesmo sabendo que amanhã, dia 31/01, será o último de sua estadia. Lembrem que, até as 15h, a Área Expo estará a todo vapor. A Campus ainda terá internet, e a lanchonete servirá um belo café da manhã. Quem não aproveitou, aproveite e faça acontecer. Celebre e deixe rolar. Faça com que o último minuto seja superado apenas pelo primeiro da Campus Party Brasil 2011.

Não se deixe abater. Lembre de tudo o que você aproveitou, dos espaços nos quais navegou (use seu histórico para isso!), de tudo o que você comeu e gritou. Só posso dizer isso. O fim está proximo, mas não acabou: você ainda não desconectou seu desktop ou fechou seu notebook!

Lucas Blassioli

Blog Lucas Lab



O que andam ouvindo na Campus Party?

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

É fato que, aqui, nenhuma pessoa é igual a outra. Alguns gostam de jogos, outros de blogs, alguns de filmes e outros das seriés. Mas uma coisa é certa: quase todos gostam de música! Música é uma coisa tão unificadora e separadora que fez uma regra na Campus Party para que essa divergência não seja colocada a prova:”não é permitido conectar amplificadores ao aparelho. Por favor, use fones de ouvido”. De qualquer forma, cada um ouve o que quer e quando quer. Por isso, perguntamos a alguns campuseiros sobre suas músicas preferidas, esperando pelas mais variadas resposta.

Começamos pela area de Desenvolvimento, onde a Tamires (@serimat) citou suas bandas favotitas: Manaca, AC/DC, Artic Monkeys e, ultimamente, ColdPlay. Também ouve as músicas da trilha sonora dos jogos Rock Band 2  e Guitar Hero.

Na Campus Blog, Andira (@crackpotideas) disse que tem ouvido Vampire Weekend, Beirut e também muito Trip Hop, um Hip Hop um pouco mais calmo. Ainda na Campus Blog, Maúricio Cid (@naosalvo) disse que gosta muito de MPB e Indie Rock, mas como é a Campus Party, anda ouvindo os Funks de Web Hits, enquanto na Area de Games, Rafael (@rafamask) curte dance, tecno e Raça Negra, embora cite como banda preferida os Black Eyed Peas.

Entre algumas opniões dispersas, e também toques de celulares, ouvimos pagode, metal e, também, as clássicas dos Games (Mario Bros e Bomberman foram destaques). Entre os que não queriam se identificar, escutamos muita MPB, rock, pop, rock nacional, Michael Jackson, anos 80 e entre outros brega.

O que realmente pode ser afirmado disso tudo? Que a Campus Party é um lugar de diversidade!

Lucas Blassioli

Blog Lucas Lab



AzeroX: os prêmios ainda não acabaram!

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Saiu a segunda premiação do AzeroX!

O vencedor de ontem, quando foi tirada a lista dos Top 100 azeradores, foi Wesley Franco!  O Wesley já retirou o seu premio de R$ 500,00 no nosso estande e sorteou os outros 5 vencedores do premio de R$ 100,00 que foram:

Aline Esteves

Juliano Jampietro

Jessica Moda

Victor Fabiano

Leila

Os ganhadores devem comparecer ao estande do AzeroX para retirar o seu prêmio!

Agora só falta a grande final, quando o vencedor ganhará a bolada de R$ 3 mil, e mais R$ 1 mil se for campuseiro !  Os segundo e terceiro lugares irão ganhar R$ 2 mil e R$ 1 mil, respectivamente.

Só depende de vocês!



O confinamento espontâneo

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Foto: Gabriel Chiarastelli

“O confinamento humano é a prova mais cabal de que o homem nasceu para ser livre. As pessoas neste estado desenvolvem uma extrema carência pelo outro e distúrbios de comportamento”.

Jasson Ferreira Lima

Mesmo compartilhando de hobbys ou atividades que resultam em objeto de passatempo, estes, quando em excesso, causam estresse, dependência e, em alguns casos, agressividade (o que não acontece na Campus Party Brasil!).

Prova disso é fazer uma “ola” na Campus Party Brasil iniciada em uma só vogal - “OOOOOOOOO…” - até quase o infinito, agregando mais e mais pessoas.

Ao contrário dos que pensam tratar-se de “coisa de adolescente”, vê-se marmanjos entrarem na onda, o que causa uma certa ira dos mais jovens, porque os desconcentra em suas atividades de robótica, jogos, desenvolvimento e outras.

A foto acima exemplifica um fato ocorrido em uma das madrugadas, quando parte dos campuseiros desencadearam uma onda de explosão, uma forma de estravasar o estresse do confinamento, ainda que espontâneo.

Cecilia Chiara


Premiação agendada!

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Vocês que acompanharam a disputa acirradíssima promovida pelo Desafio Pharmaton em busca do campuseiro mais retwittado da twittosfera, venha conferir quem foi o sortudo que levará pra casa o Mac Book Pro, para continuar a mil onde quer que ele esteja!

O prêmio será entregue em mãos pelos patrocinadores, no palco Momento Telefônica, às 10hs de domingo!

Encontramos vocês lá!



Campus Party abre espaço para o CMS Joomla!

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

O BarCamp é o ponto de encontro de pessoas com interesse em comum. Neste dia, o mediador foi Pedro Renan, que contou um pouco da história do CMS Joomla! e o instalou na hora, demonstrando algumas possibilidades aos participantes.

Pedro Renan trabalha com o CMS desde a versão inicial, em 2005. Atualmente, acúmula os cargos de sócio-consultor da Qu4troc e de funcionário público . Natural de Palmas-TO, também atua em projetos Moodle (plataforma de E-Learning, Open Source). A palestra discorreu sobre o tema: “Tudo Junto agora escreve-se tudo junto”, que na verdade é a tradução da palavra Joomla! no dialeto africano, swahili.

Durante um bate-papo descontraido, os participantes puderam apreciar e entender um pouco mais sobre a evolução da ferramenta e também saber quais as configurações exigidas para instalação das últimas versões do CMS. Pedro comentou o encerramento do suporte à versão 1.0 que aconteceu em junho de 2009 e ainda alertou sobre as vantagens de se trabalhar com uma plataforma amigável ao usuário final. Entender as principais funcionalidades da versão 1.6, ainda embrionária, também foram pauta da palestra.

O conceito do software livre está cada vez mais em voga, e nada mais natural, portanto, do que apresentar este CMS, que é altamente flexível, no Barcamp, local voltado à colaboração e relacionamentos. A Campus Party abre espaço e incentiva o acesso a informação. E a programação não pára. Até domingo muita coisa ainda vai acontecer. Os geeks e internautas que se preparem para tal!

Danilo Barros Andrade
Informação na Web



Cobertura da Mídia Independente

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Uma das coisas que mais chama a atenção quando se entra na arena da Campus Party é o numero de câmeras de TV, microfones, laptops, repórteres, fotógrafos e todo o aparato que serve à imprensa para a cobertura do maior evento de internet do país. Mas nem todos estão a serviço da grande midia. Raphael Calmeto, 19 anos, trabalha há 1 ano e meio com o Centro de Mídia Independente e trouxe um notebook, uma mesa de som pequena e uma câmera digital para registrar os fatos durante a semana.

Raphael lida mais com textos. Já publicou pouco mais de 15 artigos desde que chegou, e pretende publicar mais 30 até o final do evento, contando detalhes de tudo o que acontece por aqui, principalmente nas áreas de software livre e blog.

A principal dificuldade, entretanto, é conseguir a mesma credibilidade que os veículos profissionais: “As pessoas escrevem muitas vezes com erros de português, com idéias acaloradas… Nós não queremos ser profissionais e muitas pessoas ainda não conhecem o nosso trabalho. Alguns veículos fazem uma cobertura bem interessante do evento, mas para mim é mais legal quando é independente, sem ter que se prender a ninguém”, comenta Calmeto.

Muitas vezes a falta de conhecimento do veículo pelo público dificulta a entrada em eventos, mas aqui na Campus Perty foi diferente: “Todos foram muito receptivos. Preenchi o cadastro e liberaram a cobertura. Nem sempre é assim em outros lugares”, lamenta.



A Campus Party pra mim é… “um ponto de encontro”

30 de Janeiro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Típico campuseiro, André Pase, 31 anos, é professor da Faculdade de Comunicação da PUC-RS e um dos coordenadores da especialização em Desenvolvimento de Jogos Digitais da Universidade. Bem, deu pra perceber que ele se sente em casa aqui, não é? Aqui na CP ele palestrou sobre as possibilidades de inovação na TV Digital brasileira.

É a terceira vez que o André participa do evento e para ele o mais legal é poder conhecer pessoas que você só conhecia offline. “Tem um monte de gente que eu só conheço de vista, mas aí chega aqui e você já pergunta como tá a família, já combina de vir no próximo ano. O grande barato da Campus pra mim é ela ser um ponto de encontro”, conta André.

Pode ser até meio contraditório que em uma festa da internet as relações sejam mais fortes pessoalmente do que online. Para ele, as pessoas não precisam ter receio de baixar, compartilhar arquivos, fazer parte das redes sociais, mas o legal mesmo é usar a ferramenta que está na sua frente como gancho para conhecer pessoas.

Pessoalmente ou virtualemente, para Pase a Campus Party já faz parte do calendários dos geeks: “No verão é a Campus, no inverno o FISL”, afirma.

E para você, o que a Campus Party representa?



Tags deste artigo: campus party