Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Últimos Posts

 Voltar a Blog Marcelo...
Tela cheia

Plano Nacional de Banda Larga: os limites da negociação

1 de Outubro de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 22 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 2406 vezes

Plano Nacional de Banda Larga: os limites da negociação.

Entrevista especial com
Marcelo D’Elia Branco
para o Instituto Humanitas Unisinos

“A gritaria das teles aponta que há um lobby poderoso em cima do Ministério das Comunicações, em cima da Anatel, para que a neutralidade na rede seja abolida”, diz o consultor para sociedade da informação.



Plano Nacional de Banda Larga
proposto pelo governo federal brasileiro pretende expandir o acesso à internet banda larga a 40 milhões de pessoas no país. Mas as negociações do Ministério de Comunicações com as operadoras de telecomunicações têm causado mal-estar entre os defensores da neutralidade na internet
Entre eles, Marcelo D’Elia Branco, ativista pela liberdade do conhecimento e ex-diretor da Campus Party Brasil, critica o “acordo” prévio do Plano Nacional de Banda Larga..

“O principal erro desse acordo é a tentativa de fazer com que as teles recebam dinheiro pelo volume de conteúdos acessados pelo usuário. Até hoje, dentro da lógica de funcionamento da internet, quem pode cobrar pelos conteúdos na rede é o gerador de conteúdo e não as operadoras. A partir do acordo firmado com o Ministério das Comunicações, as teles, além de ganharem pela largura da banda que oferecem, pela velocidade de transmissão, passarão a limitar a quantidade de conteúdo que o usuário pode baixar durante o mês”, explica ele na entrevista a seguir, concedida à IHU On-Line por telefone.

Branco também defende que estados e municípios participem do Plano Nacional de Banda Larga, já que os governos estaduais e municipais são os que mais gastam com serviço de telecomunicações e acesso à internet. “Qual vai ser a participação do estado do Rio Grande do Sul, por exemplo, no Plano Nacional de Banda Larga, visto que têm estruturas da Companhia Estadual de Energia Elétrica – CEEE, da Cia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul – Procergs? O governo do estado tem investido muito dinheiro com serviços de Telecomunicações. (...) Se uma empresa tem uma conta gigantesca com um fornecedor, ela tem o poder de barganhar algumas vantagens em uma negociação. Com certeza o maior cliente de Telecom do Rio Grande do Sul é o governo do estado. Então, qual é o papel do governo Tarso nessa discussão?”

Vamos discutir isso nesta segunda às 17 horas!
Plano Nacional de Banda Larga: perspectivas e desafios para o RS

Sala José Lewgoy, Solar dos Câmaras, na Assembleia Legislativa RS

 

Confira a entrevista.

 


Tags deste artigo: pnbl anatel ministério das comunicações marcelo branco teles

22 comentários

Enviar um comentário
  • B3bbd30de5c1c4065bf5798c1ccbe2b0?only path=false&size=50&d=404José Eduardo Figueiredo Araujo(usuário não autenticado)
    6 de Outubro de 2011, 15:27

    Negação de Acesso / Neutralidade na Rede

    Em 30/09/2011 abri no Sistema Focus/Anatel/Fale Conosco a reclamação 1394933 - 2011 contra a Operadora da Minha Banda Larga 3G, nos seguintes termos: "Somados a todos os problemas com a minha conexão Banda Larga Claro 3G 250Kbps Ilimitado, estou enfrentando NEGAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO ao tentar acessar sites, tais com: uol.com (Portal Uol), r7.com (Portal R7), twitter.com, live.com e muitos outros sites. A frequencia em que se dá a negação de acesso está se tornando recorrente. Peço que seja solucionado o problema, pois trata-se de não praticar a NEUTRALIDADE NA REDE. A linha de acesso em questão é (85)91468522.". Em 06/10/2011 a Operadora respondeu a reclamação da seguinte forma:"Em contato com o Sr. Jose Eduardo às 08h40 em 06/10/11, informamos que o terminal 8591468522 está ativo no Plano Banda Larga 250Kbps e disponível para uso. Esclarecemos que a prestadora Claro disponibiliza os a navegação a dados, não efetuando nenhum tipo de bloqueio no acesso a qualquer tipo de site. Desta feita, orientamos o usuário a verificar as configurações do computador e / ou do sistema Antivírus utilizado. Usuário ciente dos esclarecimentos.". Como o problema não é no computador nem no Norton Internet Security 2012, solicito que o autor do artigo, Sr Marcelo D'Elia Branco, possa me informar maiores detalhes acerca do problema que estou a enfrentar. Fico no aguardo de resposta.


  • 486c42fe76c417b8ce8221f507ed7541?only path=false&size=50&d=404yasmin mendez-como trabajar con internet(usuário não autenticado)
    23 de Novembro de 2011, 13:07

    en chile pasa los mismo

    es increible como los problemas de ustedes se repiten en chile, aca las grandes compñias de internet ofrecen un monton de coasa, que al final no se entrega ni la mitad, la banda ancha es pesima, y no es lo que uno entrega, incluso para los servicios a empresas, y el gobierno no hace nada.

    www.​como​trab​ajar​coni​nter​net.​com


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.