Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia
 Feed RSS

Blog

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | 1 pessoa seguindo este artigo.

Insegurança com o salário

10 de Setembro de 2018, 22:37, por Bartolomeu Marcos Silva

Grande parte da população espera encontrar um trabalho digno, com o qual o indivíduo em questão possa cumprir suas funções e atividades com toda a comodidade possível, além dos materiais e ambientes necessários para que as mesmas possam ser realizadas com efetividade, além de que, para que um funcionário possa exercer suas funções corretamente e conseguir manter-se, tanto em sua vida profissional, quanto pessoal, é indicado que a remuneração do mesmo seja compatível com o mercado de trabalho, assim seu salário será ideal para que a vida pessoal de um trabalhador seja agradável e que o mesmo satisfaça todos os seus anseios e obrigações.

Insegurança com o salário

Diversas pessoas têm que manter-se somente com um salário mínimo, sendo que esta remuneração é a base que várias empresas usam para remunerar seus funcionários, sendo que diversos estabelecimentos somente oferecem, exatamente, o piso salarial descrito em lei, sendo que o obrigatório, atualmente, é disponibilizar mensalmente R$880,00 para um trabalhador registrado, que cumpra suas horas trabalhistas, para que o mesmo consiga manter-se com esta renda.

Uma previsão que está sendo feita pelo governo é o aumento do salário mínimo para o ano de 2019, permitindo que o salário oferecido para os funcionários de qualquer empresa tenha que ser aproximadamente R$880,00, porém esta norma ainda não foi aprovada, então pode haver alguns reajustes até a devida implementação desta novidade, caso a mesma realmente for considerada válida, assim, está previsto que o novo salário mínimo começará a ser utilizado em janeiro de 2019.

Mesmo com a grande expectativa de ganhar R$880,00 no mínimo, grande parte da população está preocupando-se com este reajuste que será feito, possivelmente, para 2019, sendo que várias pessoas costumam pensar que todos os bens de consumo e até mesmo alguns produtos necessários poderão ter seu preço elevado, o que não deixa de ser verdade.

Durante os anos houveram diversos ajustes para o salário mínimo, sendo que, ao sofrer tal aumento, a população começou a notar que itens de supermercado e até mesmo alguns produtos de porte maior e que não são consumidos frequentemente começaram a elevar seu preço, conseguindo notar esta diferença, principalmente, na compra de alimentos para a casa, ou seja, ganhar um salário maior não facilitou a vida de muitas pessoas quando as mesmas devem gastar este dinheiro adicional em itens que consumiam frequentemente e agora estão com um preço mais elevado.

A insegurança da população é que, com o salário mínimo 2019, com uma remuneração pouco maior que a atual, o mercado acabará adaptando seus preços ao valor que o cidadão recebe, ou seja, não haverá qualquer vantagem com a implementação desta novidade e benefício, caso os preços dos produtos comercializados cresçam junto com o aumento do salário mínimo previsto para o ano de 2019.