Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia

Anarquismo

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 2323 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 10391 vezes

Anarquia é muito mais do que uma idéia, um estilo de vida; Anarquia é liberdade, no sentido literal da palavra.

 


2323 comentários

Enviar um comentário
  • 08cda2f5333cdce8c89ccee544319555?only path=false&size=50&d=404BAROMEU GRACIOLI DE VARGAS FILHO(usuário não autenticado)
    30 de Agosto de 2009, 17:40

    Eu quero!!

    - Eu quero uma carteirinha de Anarquista!!


  • Ll minorlouvadeusa
    3 de Outubro de 2009, 0:50

    I Colóquio de Educação Libertárias da UFRGS

    colegas, amig@s e possíveis interessad@s

    O I Colóquio de Educação Libertárias da UFRGS, será realizado nos dias 13, 14 e 15 de outubro, na sala 101 da Faculdade de Educação da UFRGS (FACED). O Colóquio acontece no centenário da execução pelo Estado Espanhol do pedagogo catalão Francisco Ferrer y Guardia, que baseado nos princípios anarquistas, idealizou a pedagogia libertária e seu espaço de aplicação, as Escolas Modernas, criadas em muitos países no início do século XX.

    A programação do colóquio inclui debates, conversas, oficinas e filmes que possibilitem não apenas aprofundar os conhecimentos sobre as experiências históricas das escolas modernas ocorridas em diferentes lugares e momentos, mas também instigar reflexões sobre os limites e possibilidades de se pensar e construir experiências hoje que retomem e atualizem os sentidos da Educação Libertária.

    Como complemento do colóquio, haverá também, entre os dias 28 de setembro e 31 de outubro, uma Mostra Fotográfica no saguão da Faculdade de Educação da UFRGS, exibindo fotos de Escolas Modernas criadas em diversas partes do mundo (incluindo Porto Alegre), estudantes, docentes, colaboradores e apoiadores dessas escolas, assim como de experiências recentes de educação libertária.
    programação completa:

    mura​lpub​lico​poa.​blog​spot​.com​/200​9/10​/i-c​oloq​uio-​de-e​duca​cao-​libe​rtar​ias-​da.h​tml

    Abraço coletivo!

    Alissa Gottfried


  • Eu minorRaphael
    30 de Janeiro de 2010, 10:34

    Anarquia

    Os Punks da atualidade estragaram o nome anarquia
    que é expressar suas idéias a favor da sociedade, não destruir tudo o q ve pela frente coisas que a sociedade paga pra ter eles destróem
    como eles ajudam com este ato impensado que executam?
    fica a indagação


  • Person minor(usuário removido)
    30 de Janeiro de 2010, 10:53

    ao Rapha

    Desculpe o tom meio retórico, mas estou sem tempo para discutir mais...

    Difícil definir o que são "punks da atualidade". E mesmo assim, você generaliza quando fala assim, coloca todo tipo de punk num pacote e rotula como tudo igual.

    Quando se fala em destruição da sociedade, é uma coisa metafórica. E por minhas leituras de anarquismo, o ideal a favor da sociedade é detruir isso que temos por sociedade, para construção de uma nova. Isso está até na moda, leia um pouco sobre desconstruções.

    E que ato impensado é esse que você fala?

    Abraços


  • Rodrigo south park minorRodrigo Souto
    31 de Janeiro de 2010, 2:53

    Sobre os últimos comentários

    No caso de já existir um governo, o anarquismo é fruto da destruição e do caos, porém isso nada tem haver com o que realmente é a sociedade anarquista. O anarquismo, teoricamente, acontece ao fim do período de caos, quando as pessoas começam a se auto-organizar.
    Portanto destruir a sociedade não seria um ato impensado.

    Quanto aos "punks da atualidade" aos quais você se refere, talvez sejam as pessoas que cometem atos de vandalismos em nome do anarquismo, mas que nada têm para com os verdadeiros ideais do anarquismo. O yzak falou que o Rapha coloca todos no mesmo pacote, mas quase nada tem totalidade absoluta em sua existência, então acho que ele quis dizer que a maioria age desta forma. Eu não tenho dados estatísticos para concordar ou corroborar isso.

    De qualquer forma eu acho que a possibilidade de algum país se tornar anarquista em meio a outros milhares capitalistas é praticamente nula, ainda mais considerando o fato de que esse país é o Brasil (perdão ao patriotas, mas se você perguntar na rua o que é o anarquismo provavelmente você vai ter um percentual menor do que 5% de acerto). Para que isso acontecesse seria necessário um movimento que envolvesse a maioria mundial e, obviamente, o caos para derrubar o sistema vigente.


  • 2010 07 02 021912 minorAntão Luis
    10 de Maio de 2010, 17:01

    Anarquismo(s)

    Depois das leituras que fiz sobre o tema, preferi, em lugar de 'anarquia', usar o termo 'anarquismos'. Isso porque penso nas diversas formas de se usar a idéia de anarquismo nos diferentes campos do conhecimento humano: anarquismo político, anarquismo social, anarquismo artístico, anarquismo literário, etc, sem se bitolar à idéia (VAGA, DIGA-SE) de 'anarquia'.
    Abraços a todos.


  • De3abd4ff72ac29f0d46b2e277f4fa9f?only path=false&size=50&d=404gersiane(usuário não autenticado)
    24 de Outubro de 2010, 10:52

    anarquismo

    o anarquismo não e confusão e nem bagunça.anarquismo e na verdade um movimento que luta por uma sociedade em que ninguem tenha poder de ninguem.


  • A60576d1b8554991ce18c892d669c29e?only path=false&size=50&d=404Guiliano Campos(usuário não autenticado)
    25 de Fevereiro de 2011, 11:12

    Anarquistas

    Sou de Brasília, e aqui talvez o mais notório anarquista seja Ezio Flavio Bazzo. O blog dele é fenomenal!!! recomendo

    ezio​bazz​o.bl​ogsp​ot.c​om/


  • 2e62f548c0318a66fd1cb07e414dcc55?only path=false&size=50&d=404Kusanagi Yagami Kagura(usuário não autenticado)
    8 de Abril de 2011, 13:20

    Anarquismo

    Anarquismo não significa desordem?


  • 278c3c2f72073fbb019da2f9d6f631b9?only path=false&size=50&d=404yzak(usuário não autenticado)
    8 de Abril de 2011, 13:44

    resposta

    Aconselho dar uma procurada na internet e ler um pouco. Até ler a discussão aqui. Nas dúvidas, tamos ai!

    abraço


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.