Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Screenshots

Desenvolvimento

redirection forbidden: http://trac.wildfiregames.com/log/ps?format=rss&limit=5 -> https://trac.wildfiregames.com/log/ps?format=rss&limit=5

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Blog de Música do 0 A.D. #4

14 de Março de 2013, 0:00 , por Pedro Augustus Diniz Falcão Silva - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 255 vezes

Estou dando uma pausa da progressão regular do blog para adressar uma pergunta que recebi recentemente – a respeito dos instrumentos que possuo e que foram usados para criar os sons do 0 A.D.:

Todos esses blogs e uma pergunta me vem à mente: Quantos instrumentos tem o Omri? Ele parece ter uns 5 ou 6 instrumentos para cada civilização!

Comecemos admitindo que eu tenho um problema... Eu sou um colecionador de instrumentos, tenho em torno de 40 no meu estúdio... Vamos dar uma olhada nos instrumentos que eu usei para criar cada som de cada civilização:


- Tribos Célticas:
Os sons de Celtica são baseados em um Tin Whistle D e um Tin Whistle D baixo, e também um Bouzouki Irlandês, um Bodhràn (um clássico tambor Irlandês), um Pau de Chuva, e um Violão da Fender. Algumas trilhas também contêm uma Harpa Céltica e uma rabeca tocada ao vivo por Shir-Ran Yinon!


- Tribos Helênicas:
O som Helênico foi criado usando um Bouzouki grego e uma Flauta (tocada por Marta Mc’Cave!), bem como grandes Pandeiros, um Djembe, uma Harpa e uma Trompa.
O Bouzouki Grego é tão prominente que algumas músicas Helênicas foram baseadas apenas nele!


- Pérsia:
O som da Pérsia consiste de vários instrumentos de cordas – um Oud feito à mão (instrumento tradicional do Oriente Médio com 11 cordas e nenhum traste), um Saz feito à mão (instrumento Turco de 6 cordas), um levemente moderno – e caseiro – Baixo Acústico sem trastes. Assim como alguns sons de percussão: um Djembe africano, um Darbuka sírio e um par de chocalhos de bambu.


- Roma:
A base do som de Roma vem de um Mandolin e de Sinos de Vento, que foram gravados na varanda da minha casa!


- Ibéria:
A voz da Ibéria é centrada em torno de uma violão espanhol, um Pífano, um Tamborim e um chocalho.


- Cartago:
Para Cartago eu trouxe o artista de percussão Dror Parker para tocar Pandeiro, Darbuka, Riq e Toms.
Ele gravou tudo em freestyle e depois construiu as músicas em torno do trabalho dele.
Enquanto o Duduk foi pré-gravado, a Flauta de Bambu foi tocada ao vivo.


- Indianos Máurias:
Infelizmente, eu (ainda) não possuo uma Cítara, então eu procurei um substituto e usei meu Violão caseiro sem trastes.
Também gravei um Snake Charmer que foi realmente comprado na Índia, Snujs e um Chocalho de Arroz caseiro.


No próximo post eu retomarei as crônicas da produção desta trilha sonora!

Obrigado por escutar e fiquem ligados para mais da música de 0 A.D.!
- Omri Lahav.

Matéria originalmente publicada no dia 14 de Março de 2013. Confira aqui a matéria original.