Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia

É TEMPO DE CHORAR, TEMPO DE CLAMAR.

20 de Julho de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 191 vezes
UMA CONVOCAÇÃO TAMBÉM À IGREJA

[Vivemos num tempo onde crises, violência, guerra, fome, perversidade, promiscuidade tem se feito manifesto na sociedade atual, enfim um caos.] Pessoas correm de um lado para o outro tentando arrumarem suas vidas, tentando buscar soluções para os problemas cotidianos que uma sociedade enfrenta. Acabam querendo achar tempo, para ter um tempo, para poder ter um tempo de descanso ou um momento com sua família. Buscam soluções até onde não se pode achar, e que quando acham que conseguiram algo ou alguém que pode ajudá-los, terminam se afundando cada vez mais. Percebe-se que há uma correria, um corre-corre incansável. Entretanto, essas pessoas acabam se esquecendo daquele que é o Senhor de todas as coisas e que pode trazer soluções! O livro de Joel também fala de uma crise, fome, seca, tristeza e dor. Veja: “O campo está assolado, e a terra triste; porque o trigo está destruído, o mosto se secou, o azeite acabou. Envergonhai-vos, lavradores, gemei vinhateiros, sobre o trigo e a cevada; porque a colheita do campo pereceu. A vide se secou, a figueira se murchou, a romeira também, e a palmeira e a macieira; todas as árvores do campo se secaram, e já não há alegria entre os filhos dos homens.” Joel 1:11-12. Um dia, estava lendo eu este livro e o Senhor ministrou a meu coração dizendo: Analise a atual situação da sociedade atual. Comecei então; a comparar o contexto de Joel com a nossa sociedade e percebi que não é diferente. A sociedade tem se preocupado demais com seus afazeres e ocupações, e se esquecem de Deus. Tudo o que tem acontecido é conseqüência do pecado, do afastamento do homem do Seu Criador. No capítulo 1 versos 13 e 14, há uma convocação aos sacerdotes, aqueles que ministram no altar, a todos os moradores da terra, para se santificarem, fazerem jejum, chorarem e gemerem perante o altar do Senhor. No entanto, algumas palavras mexem comigo quando leio este texto, que são chorar e gemer. Creio eu querido leitor, que não é um simples choro ou um gemido qualquer como quando alguém se fere. É um gemido da alma, do mais profundo do coração. É um berro! É tempo de rasgarmos os nossos corações e nos convertermos ao Senhor com choro e pranto. Pedir perdão pelos nossos pecados, pelos pecados da nação. Querido, quero que você questione a si mesmo: O que eu como parte do corpo de Cristo tenho feito para mudar a situação desta sociedade? Talvez você esteja pensando: Bom, mas eu já sou lavado e remido pelo Sangue de Jesus. Eu já o aceitei e fui perdoado, pois confessei os meus pecados! Agora os outros também devem fazer o mesmo para que sejam livres e experimentem o que Deus tem, experimentem a vida de Deus! Bom, quero lhe dizer que no livro de Joel há uma convocação a todos os moradores da terra. E você é um morador desta terra, não é?! Bem se isto ainda não o convencer, digo-lhe também que Deus convoca os sacerdotes. A palavra do Senhor diz que fomos comprados pelo Sangue do Senhor Jesus, o qual nos fez Reis e Sacerdotes. Ap. 1.16. Você é um Sacerdote! No cap. 2 a partir do verso 19 há promessas de abundância se o povo se converter ao Senhor, rasgar os corações, “sentir a tristeza segundo o coração de Deus, por haver pecado”. O Senhor enviará o trigo, o azeite, o mosto. Os celeiros, armazéns se encherão e transbordarão. Alegrará o coração dos homens e todos os moradores da terra. Restituirá tudo o que se perdeu. O povo não será mais envergonhado, haverá alegria constante, pois o Senhor fez grandes coisas! Acontecerá depois destas coisas que o Senhor derramará do Seu Espírito sobre toda carne, sinais aconteceriam como nos mostra Joel 2.28 a 32 “E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito. E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR. E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar.” Você sabe o que é isto? Avivamento! O verdadeiro e genuíno avivamento!

A igreja tem clamado por avivamento nesses últimos dias! Creio eu leitor que você, como eu tem sentido uma fome incontrolável pelo Senhor. É o Espírito de Deus se movendo. Ele quer mudar a sociedade de hoje. Quer nos restituir tudo o que perdemos. Sarar nossas feridas e nos apresentar como noiva pura e imaculada para o Noivo. O Senhor quer mudar a sociedade e derramar Seu Espírito sobre ela. Mas Deus é Santo! E é necessário que nos tornemos santos para que isto aconteça. É uma condição. Note que, no livro diz depois que o povo se voltar para Deus, confessar os seus pecados, se santificar é que ele fará prodígios e maravilhas e derramará do Seu Espírito. É um chamado para todos, inclusive para a igreja. Essas coisas só começarão a acontecer quando a igreja tirar os olhos dos homens e colocar os olhos em Deus. Você quer ver Deus agindo hoje? Agora? Clame a Ele! Apresente-se perante o Seu altar! Chore, berre por haver pecado! Clame pelo seu povo! Deixe Deus começar através de você! Deixe o Espírito Santo começar um avivamento dentro de você, e esse avivamento se espalhar por toda a terra! Assim Deus fará as maravilhas acontecerem! As crises acabarão, fomes cessarão e haverá abundância, guerras acabarão e haverá paz. O povo terá uma fome insaciável por Deus e pela Sua presença! Sentirá nojo pelo pecado, pois a Santidade do Senhor invadirá as vidas e as contaminará! É tempo de nos arrependermos!


Fonte: Ivo Garcia

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.