Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

IBM terá desenvolvimento e teste de software na nuvem pública

17 de Março de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 2783 vezes

Empresa já oferece serviço do tipo por meio da nuvem privada; novidade será lançada no Canadá e nos Estados Unidos no segundo trimestre e ao longo do ano em outros países.

A IBM lançará no primeiro trimestre serviços de desenvolvimento e teste de software em nuvem pública, como alternativa a uma opção semelhante, oferecida na nuvem privada e disponível desde junho de 2009. Espera-se que a realização de desenvolvimento e testes em uma infraestrutura elástica reduza gastos com TI, já que o trablaho não precisará mais ser feito com um número determinado de máquinas - muitas das quais ficam inativas por determinado período.

Além disso, o desenvolvimento baseado em cloud computing pode ajudar programadores a trabalhar com mais agilidade, uma vez que os recursos podem ser obtidos quando necessário, sem as preocupações com reservar tempo e espaço dos sistemas internos.

A IBM também divulgou uma lista de parceiros de computação na nuvem nesta terça-feira, incluindo RightScale e Kaavo, que desenvolvem software para gerenciamento de cloud computing; o fornecedor de soluções de segurança Navajo Systems; o fabricante de software de monitoramento de desempenho AppFirst; e os desenvolvedores de aplicações Aviarc, Corent e Wavemaker.

O serviço de desenvolvimento e teste da IBM na nuvem pública também emprega a tecnologia de virtualização da RedHat e suporta o Red HatEnterprise Linux, da Novell, e Java.

A empresa planeja lançar o serviço no segundo trimestre nos Estados Unidos e no Canadá. Ao longo do ano, a solução chegará a outros países. A oferta vai competir com fornecedores de infraestrutura de cloud, como Amazon Web Services e Rackspace, que também realizaram parcerias semelhantes à anunciada pela IBM. Mas a Big Blue pode ter alguma vantagem em relação a esses competidores devido a sua longa trajetória no mercado corporativo de TI e a ampla utilização de suas ferramentas de desenvolvimento de software Rational.A IBM lançará no primeiro trimestre serviços de desenvolvimento e teste de software em nuvem pública, como alternativa a uma opção semelhante, oferecida na nuvem privada e disponível desde junho de 2009. Espera-se que a realização de desenvolvimento e testes em uma infraestrutura elástica reduza gastos com TI, já que o trablaho não precisará mais ser feito com um número determinado de máquinas - muitas das quais ficam inativas por determinado período.

Além disso, o desenvolvimento baseado em cloud computing pode ajudar programadores a trabalhar com mais agilidade, uma vez que os recursos podem ser obtidos quando necessário, sem as preocupações com reservar tempo e espaço dos sistemas internos.

A IBM também divulgou uma lista de parceiros de computação na nuvem nesta terça-feira, incluindo RightScale e Kaavo, que desenvolvem software para gerenciamento de cloud computing; o fornecedor de soluções de segurança Navajo Systems; o fabricante de software de monitoramento de desempenho AppFirst; e os desenvolvedores de aplicações Aviarc, Corent e Wavemaker.

O serviço de desenvolvimento e teste da IBM na nuvem pública também emprega a tecnologia de virtualização da RedHat e suporta o Red HatEnterprise Linux, da Novell, e Java.

A empresa planeja lançar o serviço no segundo trimestre nos Estados Unidos e no Canadá. Ao longo do ano, a solução chegará a outros países. A oferta vai competir com fornecedores de infraestrutura de cloud, como Amazon Web Services e Rackspace, que também realizaram parcerias semelhantes à anunciada pela IBM. Mas a Big Blue pode ter alguma vantagem em relação a esses competidores devido a sua longa trajetória no mercado corporativo de TI e a ampla utilização de suas ferramentas de desenvolvimento de software Rational.

Fonte Computerwordl



Tags deste artigo: ret hatenterprise linux nuvem ibm novell java rarional software open source

Eventos de Software Livre no Brasil