Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

Invalid feed format.

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
 Voltar a Paulo Marcos...
Tela cheia

Uma burca para Geyse Arruda do vestido rosa

12 de Novembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 2626 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 26856 vezes

UMA BURCA PARA GEISY
Miguezim de Princesa*

Geyse_uniban1

I
Quando Geisy apareceu
Balançando o mucumbu
Na Faculdade Uniban,
Foi o maior sururu:
Teve reza e ladainha;
Não sabia que uma calcinha
Causava tanto rebu.

II
Trajava um mini-vestido,
Arrochado e cor de rosa;
Perfumada de extrato,
Toda ancha e toda prosa,
Pensou que estava abafando
E ia ter rapaz gritando:
"Arrocha a tampa, gostosa!"

III
Mas Geisy se enganou,
O paulista é acanhado:
Quando vê lance de perna,
Fica logo indignado.
Os motivos eu não sei,
Mas pra passeata gay
Vai todo mundo animado!

IV
Ainda na escadaria,
Só se ouvia a estudantada
Dando urros, dando gritos,
Colérica e indignada
Como quem vai para a luta,
Chamando-a de prostituta
E de mulherzinha safada.

V
Geisy ficou acuada,
Num canto, triste a chorar,
Procurou um agasalho
Para cobrir o lugar,
Quando um rapaz inocente
Disse: "oh troço mais indecente,
Acho que vou desmaiar!"

VI
A Faculdade Uniban,
Que está em último lugar
Nas provas que o MEC faz,
Quis logo se destacar:
Decidiu no mesmo instante
Expulsar a estudante
Do seu quadro regular.

VII
Totalmente escorraçada,
Sem ter mais onde estudar,
Geisy precisa de ajuda
Para a vida retomar,
Mas na novela das oito
É um tal de molhar biscoito
E ninguém pra reclamar.

VIII
O fato repercutiu
De Paris até Omã.
Soube que Ahmadinejad
Festejou lá no Irã,
Foi uma festa de arromba
Com direito a carro-bomba
Da milícia Talibã.

IX
E o rico Osama Bin Laden,
Agradecendo a Alá,
Nas montanhas cazaquistãs
Onde foi se homiziar
Com uma cigana turca,
Mandou fazer uma burca
Para a brasileira usar.

X
Fica pra Geisy a lição
Desse poeta matuto:
Proteja seu bom guardado
Da cólera dos impolutos,
Guarde bem o tacacá
E só resolva mostrar
A quem gosta do produto.

*Miguezim de Princesa, Cordelista, Doutor, Delegado, Jornalista - Brasília/DF - Brasil, 43 anos

Entrevista:

Ouça trecho da entrevista de geyse ao Fantástico da Globo - 01 de novembro de 2009

 

Geyse_uniban_geraldoluiz

Vídeo da TV Record - Balanço Geral - Geysa Arruda e Geraldo Luiz

 

Do Site Saiu no Jornal

Fotos-Geisy-Arruda-vestido-rosa-vermelho-curto-foto-saia-UNIBAN-aluna-universitaria-jovem

Fotos-Estudante-mostra-vestido-faculdade-minissaia-uniban-aluna

Fotos-Estudante-turismo-vestido-faculdade-minissaia-uniban-aluna

Foto-imagem-Estudante-turismo-vestido-faculdade-minissaia-uniban-aluna

‘Eles estavam possuídos, fiquei com muito medo‘, afirmou estudante.
Tumulto aconteceu no dia 22; estudante teve que ser escoltada pela PM.

“Costumo usar vestidos curtos e calças apertadas, assim como outras meninas. Naquele dia, tinha pegado ônibus, andado na rua e ninguém disse nada”, contou a estudante de 20 anos do curso de turismo hostilizada por alunos na quinta-feira (22) por usar roupa curta na Uniban, em São Bernardo do Campo, no ABC.


Tags deste artigo: versos cordel burca arruda geyse

2626 comentários

Enviar um comentário
Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.