Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

0 comunidades

Nenhum(a)

 Voltar a Nuvenus Chov...
Tela cheia

Planos de Saúde e Hospitais não Cobertos

14 de Fevereiro de 2013, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 169 vezes
Antigamente, um paciente coberto por um determinado plano de saúde só poderia ser atendido por hospitais credenciados a esse plano. Chegando a um hospital não coberto, o paciente deveria dar um cheque-caução ou dinheiro adiantado, para cobrir as despesas do hospital.
Em Janeiro de 2012 Duvanier Paiva, secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, morreu após ter atendimento negado por hospitais particulares não credenciados ao seu plano de saúde. Em uma situação de emergência, o secretário estava sem talão de cheques e teve atendimento negado em dois hospitais até ser atendido em um terceiro. Infelizmente, já era tarde para Duvanier que não resistiu ao ataque cardíaco.
Esse caso e vários outros levaram a questão aos tribunais de Justiça que reavaliaram a situação dos planos de saúdes e a obrigatoriedade ou não de cobrir despesas de emergência.

A Discussão sobre os Planos de Saúde

Os hospitais foram obrigados a atender qualquer paciente em situação de emergência, mas os custos eram cobertos pelos pacientes, e não por seus planos de saúde. Isso colocou os hospitais em uma situação difícil em que não podiam negar atendimento, mas também não tinham nenhuma garantia de que o atendimento seria pago depois causando insatisfação nas redes particulares de hospitais.
As discussões das leis nos tribunais estão montando uma situação em que os planos de saúde serão obrigados a cobrir qualquer tipo de tratamento que seja de necessidade comprovada. Isso inclui cobrir emergências em hospitais não credenciados e até mesmo tratamentos não cobertos pelo plano, se for provado que estes são essenciais à saúde do indivíduo.

O que Fazer

Como a situação ainda não é muito clara e segura, é importante você saber quais os hospitais credenciados ao seu plano de saúde e ter uma lista com contatos e endereços sempre com você – carteira ou bolsa – para que o atendimento ocorra de acordo. Caso o atendimento tenha sido em hospital não credenciado, entre em contato com o seu plano e complete o requerimento da cobertura de seu tratamento de emergência. Caso seja negado, chame um advogado, as chances da decisão ser favorável ao paciente é grande.
Lembre-se, porém, isso somente para casos de emergência. Precisando de atendimento hospitalar que não for emergencial, vá aos hospitais credenciados ou prepare-se para pagar a conta sozinho.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/nuvenus-chovendus/~3/pA3o_mfRtXM/planos-de-saude-e-hospitais-nao-cobertos.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.