Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Últimos artigos

redirection forbidden: http://comunidade-linux-brasil.info/index2.php?option=com_rss&feed=RSS2.0&no_html=1 -> https://comunidade-linux-brasil.info/index2.php?option=com_rss&feed=RSS2.0&no_html=1

 Voltar a Linux Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

Com Linux 95 % de votos apurados em 3 horas no Brasil

10 de Outubro de 2012, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 158 vezes

Mais de 100 milhões de brasileiros foram as urnas em 5,6 mil municípios do pais, e em 3 horas 95 % dos votos já haviam sido apurados, o que contribuiu muito foi a digitalização do processo que se deu inicio as 17 hrs estando 95 % dos votos já apurados as 20 Hrs .
Em 2000 as primeiras urnas eletrônicas foram disponibilizadas em varias cidades do pais .
Segundo o TSE , os votos computados são transmitidos através de uma linha segura a uma central regional da justiça eleitoral sendo estas informações repassadas para o TSE em Brasilia.
Foram utilizadas 450 mil urnas eletrônicas em todo o país, Cada urna roda um software para registrar votos baseado numa distribuição Linux e grava os dados num cartão de memória flash. O uso da plataforma Linux ocorre desde 2008, por opção da Justiça Eleitoral, que considerou o sistema de código aberto mais confiável que aplicações proprietárias que, em tese, possuem códigos protegidos inacessíveis aos técnicos do judiciário.
Quando as primeiras urnas eletrônicas foram testadas no Brasil, em 1996, o sistema operacional era o VirtuOS, desenvolvido pela empresa brasileira Microbase. Na época, os dados eram gravados num disquete. Em 2000, o sistema criado pela Microbase passou a dividir espaço com outro sistema, usado em urnas mais novas, que rodada sob uma versão do Windows CE, da Microsoft.
Em 2008, no entanto, o TSE decidiu desenvolver ele próprio uma solução de software baseada em Linux. O registro e contabilização de votos ocorreu sem problemas em todas eleições desde a estreia das urnas, mesmo com os diferentes sistemas operacionais.


Fonte: Roger Melo Rodrigues dos santos

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.