Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil


Cecup – Centro de Educação e Cultura Popular ||| Fórum dos Direitos da Criança e do Adolescentes - Bahia
Tela cheia

Bahia sedia lançamento da terceira edição do Prêmio ODM Brasil

13 de Agosto de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1915 vezes

Áudios RelacionadosRepresentantes de organizações da sociedade civil e dos governos estadual, federal e municipal participaram na Casa do Comércio, em Salvador, nesta quinta-feira (13), do lançamento da terceira edição do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM Brasil).

 

_72_

Com inscrições abertas até 2 de outubro, a expectativa é de que concorram ao prêmio mais de mil projetos. A iniciativa é pioneira no mundo e foi criada para incentivar o desenvolvimento de projetos de inclusão social, alcance da cidadania e promoção dos direitos humanos.

No evento, o secretário-executivo da Secretaria Geral da Presidência da República, Antônio Lambertucci, disse que os projetos que concorrem ao prêmio são exemplos de democracia participativa.

"O prêmio é fundamental, porque estimula tanto os municípios quanto as organizações não-governamentais a desenvolver projetos que visem esses objetivos. Existe uma comissão técnica formada por pessoas com muita experiência que fazem a avaliação dos projetos, que precisam ter finalidade social e guardar uma relação forte com os nove objetivos do milênio", afirmou Lambertucci.

Na Bahia, no ano passado, três instituições foram premiadas. O estado desenvolve uma série de ações em conjunto com os nove objetivos do milênio, como explicou o vice-governador Edmundo Pereira.

"A Bahia está sempre preocupada com os objetivos do milênio e por isso desenvolve programas como o Água para Todos, que já levou água de qualidade a mais de dois milhões de pessoas, e o Topa, que já alfabetizou mais de 170 mil pessoas, fazendo do estado o campeão em alfabetizar adultos no Brasil", destacou o vice-governador.

_86_

Uma proposta de Lula

O Prêmio ODM Brasil foi proposto pelo presidente Lula na abertura da I Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade, em 2004. O prêmio tem a finalidade de incentivar ações, programas e projetos que contribuam para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

O prêmio é coordenado pela Secretaria Geral da Presidência da República, em parceria com o Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e com o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade. A coordenação técnica da iniciativa é de responsabilidade do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

As inscrições para o prêmio podem ser feitas no site www.odmbrasil.org.br ou pelos Correios, para a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) SAIS, Área 02-A, CEP 70610-900 (Brasília - Distrito Federal).

Objetivos

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio são um conjunto de nove macro-objetivos que abrangem as principais e mais relevantes demandas sociais do mundo. Eles foram estabelecidos no ano 2000 pela Organização das Nações Unidas (ONU), em conjunto com 191 países, inclusive o Brasil, e devem ser atingidos até o ano de 2015, por meio de ações concretas dos governos e da sociedade.

Os objetivos são erradicar a extrema pobreza e a fome, atingir o ensino básico universal, promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde materna, combater o HIV/Aids, a malária e outras doenças, garantir a sustentabilidade ambiental, estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento e trabalho decente.

Leia também o que já foi publicado aqui sobre o prêmio:

Seminário estadual para divulgar a 3.ª edição do Prêmio ODM Brasil.

Abertas as inscrições para a 3.ª edição do Prêmio ODM Brasil.



Tags deste artigo: bahia crianças adolescentes cecup cidadania premio

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.