Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Software livre perde exclusividade na Celepar

11 de Março de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 850 vezes

Novo presidente da Celepar diz que sistemas abertos serão mantidos mas que a nova direção está aberta também a softwares proprietários.

Bandeira nas duas administrações do ex-governador Roberto Requião (PMDB), o software livre não será mais o sistema prioritário no governo do Paraná. Nos últimos oito anos, o Estado se tornou um dos principais usuários e desenvolvedores de software livre do país e fez da opção pelos programas de código aberto parte das políticas estratégicas de governo. Com a mudança de comando, no entanto, o governo Beto Richa (PSDB) decidiu abrir espaço para softwares proprietários. “Vamos manter o software livre, mas vamos também utilizar outras plataformas tecnológicas”, afirmou a Wireless Mundi o novo presidente da Celepar, Jacson Carvalho Leite. Ele, no entanto, assegurou que os investimentos nas plataformas abertas serão mantidos e que sistemas em uso pelos diversos órgãos do governo serão continuados. “Não vamos mexer no que está dando certo, mas estamos abertos a todas as plataformas tecnológicas”, afirmou Carvalho.

http://www.cristianolima.com/editor_imagens/image/Dezembro2010/JacsonCarvalho%20LeiteCELEPAR.jpg

Segundo ele, se existir no mercado uma solução, mesmo que proprietária, que complemente sistemas em funcionamento, ela será adotada. Em casos de novas demandas, a nova direção da Celepar também vai avaliar se vale mais a pena desenvolver um sistema internamente ou se é mais vantajoso adquirir um software no mercado. “Temos que ver o custo e avaliar o tempo de desenvolvimento”, observou.

A Companhia de Informática do Paraná é a responsável pela execução da política de software livre no Estado. Nos últimos anos, a empresa desenvolveu alguns sistemas como o Expresso (solução integrada de correio eletrônico, agenda, catálogo de endereços), o Framework (conjunto de ferramentas para desenvolvimento de sistemas), o Librarium (sistema de automação de bibliotecas ) e o Sentinela (sistema de segurança).

Foco no BI
“O atual governo quer intensificar o uso de tecnologia na gestão pública”, afirmou Carvalho. Para isso, explicou, usará todas as plataformas disponíveis no mercado, sejam elas livres ou proprietárias. Uma das metas do novo presidente da Celepar é criar uma base de dados integrada no estado. Segundo Carvalho, uma das primeiras iniciativas envolve o Detran-PR, que já trabalha em parceria com a Celepar.

O projeto, em discussão, prevê a integração de dados do Detran com algumas bases do governo do Estado, como as da Secretaria de Segurança Pública, polícias Civil e Militar, Instituto de Identificação do Paraná e dos próprios municípios. “Queremos adotar  indicadores através da ferramenta de Business Intelligence (BI) para ajudar no planejamento e na tomada de decisões”, comentou.

Por Fátima Fonseca

* fontes: Wirless Mundi A Rede


Tags deste artigo: jacson requião mazoni celepar beto richa software livre software proprietário furusho

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.