Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

getaddrinfo: Name or service not known

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Governo prioriza o uso de telefonia IP na administração pública

24 de Janeiro de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1108 vezes

O governo vai incentivar os órgãos da administração pública a adotarem o sistema de voz sobre IP (VoIP) a partir das contratações de centrais telefônicas. A Secretaria de Logística e TI do Ministério do Planejamento prepara um termo de referência a esses futuros contratos, com claro objetivo de reduzir os gastos com telefonia.

“Já temos 38 órgãos utilizando IP e a idéia é expandir muito as conexões de telefonia utilizando a Infovia. Até aqui a economia é de R$ 20 milhões por ano e à medida que ampliarmos isso para outros órgãos e para fora de Brasília isso tende a aumentar”, diz o diretor do departamento de serviços de rede da SLTI, Cristiano Heckert.

Pelo menos os órgãos públicos federais localizados nas capitais do país devem também passa a contar com o serviço de telefonia por IP, nos moldes do que já acontece em Brasília através da Infovia administrada pelo Serpro – as chamadas entre órgãos conectados, por exemplo, já são feitas com custo zero.

A massificação desse sistema na administração pública, no entanto, será gradativa. O próprio documento em elaboração pela SLTI – que está em consulta pública até o próximo dia 14 – prevê a adoção de centrais telefônicas híbridas nos órgãos, ou seja, que contemplem telefonia analógica, digital e IP.

Como foi discutido em audiência pública nesta segunda-feira, 10/1, o uso da central híbrida é um reconhecimento de que ainda há órgãos com sistema telefônico antigo e que, portanto, é mais difícil substituir totalmente os sistemas atuais de uma única vez. Mas a tendência, segundo a SLTI, é que no futuro todas as ligações sejam via IP.

Como já existem 144 pontos da administração pública federal conectados à Infovia em Brasília, embora apenas 38 também utilizem essa rede para chamadas IP, a perspectiva é de que esses sejam os primeiros órgãos a aderirem ao uso da internet como ferramenta para a telefonia.

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital


Tags deste artigo: telefonia governo ip slti voip infovia serpro

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.