Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tux Chile

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

getaddrinfo: Name or service not known

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Google terá sistema operacional para concorrer com Microsoft

8 de Julho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1532 vezes

Plataforma Chrome, inicialmente, será focada em netbooks e deve ser lançada em 2010, informou a companhia

O Google planeja concorrer com a Microsoft em uma área que a fabricante vem dominando e ainda é considerada o core business, o segmento de sistemas operacionais para computadores pessoais.

O gigante das buscas, que já oferece uma suíte de e-mail, web e outros softwares que competem diretamente com a Microsoft, informou na terça-feira (07/07) que lançará um novo sistema operacional. Inicialmente, o produto será focado em netbooks.

Batizado de sistema operacional Google Chrome, o novo software está nos netbooks para consumidores a partir do segundo semestre de 2010, informou a empresa em um post de blog. A companhia diz ainda que já trabalha com diversos fabricantes para rodar sua plataforma.

"É parte da cultura deles ir além e ganhar mercado em áreas dominadas pela Microsoft. É parte da estratégia deles fazer essa investida", afirma Rod Enderle, analista do Enderle Group. "Isso pode ser uma grande mudança. Se eles podem executar, a Microsoft está vulnerável a esse tipo de ataque e eles sabem disso", acrescenta.

Google e Microsoft têm travado batalhas nos últimos anos em diversas áreas do mercado, desde o setor de buscas pela internet até plataformas móveis. O momento agora é assistir e ver se o Google conseguirá ganhar participação em um segmento que a Microsoft mais que domina. O Windows está atualmente instalado em mais de 90% dos PCs em todo o mundo.

Um porta-voz da Microsoft optou por não comentar o assunto no momento.

Uma chave para o sucesso do Google nesta seara será o fechamento de parcerias com fabricantes de PCs, como a  HP e a Dell, que oferecem o Windows em suas principais linhas de produtos.

A HP, a maior marca mundial de PC, não quis confirmar se venderia computadores rodando o novo sistema operacional.

"Estamos observando", afirmou Marlene Somsak, porta-voz da HP, se referindo ao sistema operacional. "Queremos entender todos os sistemas disponíveis para os consumidores e avaliaremos o impacto do Chrome na indústria de computadores e de comunicações."

O navegador Chrome, lançado em 2008, continua em um distante quarto lugar no mercado de browser, com 1,2% de participação em fevereiro, de acordo com recente pesquisa da Net Applications. Enquanto o Internet Explorer, da Microsoft, tem perto de 70%.

Mais rápido e leve

A expectativa é que o novo sistema operacional Chrome trabalhe bem com a maioria dos aplicativos mais populares, como Gmail, Google Calendar e Google Maps.

Além disso, a plataforma deverá ser leve e rápida, permitindo aos usuários navegarem na web em poucos segundos, informa o Google. O sistema é baseado em Linux, permitindo que desenvolvedores construam aplicações compatíveis com o produto.

"Os sistemas operacionais que rodam os navegadores foram desenvolvidos em uma época que não havia web", escreveu Sundar Pichai, vice-presidente de gerenciamento de produto do Google. O sistema operacional Chrome é "nossa aposta para repensar o que deveriam ser os sistemas operacionais."

O Google diz que o Chrome OS é um novo projeto, separado da plataforma móvel Android que roda em alguns smartphones. A Acer, por exemplo, terceira maior fabricante de PCs, já acordou fabricar netbooks que rodem Android a partir deste trimestre.

O novo sistema operacional é desenhado para trabalhar em chips ARM e x86, principais arquiteturas em uso no mercado. Anteriormente, a Microsoft já havia dito que não suportaria computadores com chips ARM, abrindo uma grande oportunidade para o Google.

O Google não deu detalhes de quanto cobraria pelo sistema operacional, mas Enderle espera que a empresa aplique uma taxa nominal ou distribua gratuitamente, dizendo que o modelo de negócio da companhia é fazer receita por meio de aplicativos conectados e publicidade.

* fonte: IT Web


Tags deste artigo: netbook chrome os desktop kernel android google linux gnu pc

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.