Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Google Chrome OS mira Windows e atinge Ubuntu

16 de Julho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 33 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1886 vezes

Ninguém sabe se o Google Chrome OS vai conseguir desbancar o Windows. O sistema operacional, no entanto, tem tudo para prejudicar o Ubuntu.

Um dos primeiros a levantar o alerta foi o jornalista Renai LeMay, da ZDNET Australia. LeMay destacou que o Linux sofre há décadas com a fragmentação. É a mais pura verdade. Centenas de distribuições surgiram, cresceram e morreram, e uma parte do trabalho de um monte de desenvolvedores se perdeu no meio desse processo. Se desde o início todo o esforço tivesse sido concentrado em um algumas versões, o resultado seria outro – e talvez houvesse um sistema operacional livre muito mais avançado hoje.

O fato é que, nos últimos anos, o Ubuntu começou a despontar como a distribuição mais popular do mundo do pinguim. Tornou-se o mascote da comunidade do software livre, e seu desenvolvimento tem unido esforços antes dispersos. O que vai acontecer com a chegada do Chrome OS? O sistema do Google vai dividir de novo a comunidade do software livre, e o efeito “cool” de Mountain View pode atrair multidões de programadores.

A Canonical, que mantém o Ubuntu, não tem nem de longe o mesmo volume de recursos que estão depositados nos cofres de Larry Page e Sergey Brin. No quesito “marketing”, a derrota é certa. Outro problema virá da relação com os fabricantes de hardware, que já começam a embarcar desesperadamente na canoa do Google. É certo que eles vão priorizar Mountain View. Será que o Ubuntu aguentará o tranco? Vai ser difícil. Ficarão apenas os voluntários realmente engajados.

Difícil entender por que o Google, que se diz uma empresa boazinha, não se dedicou exclusivamente a melhorar a distribuição da Canonical. Não faria todo o sentido para quem defende a paz mundial e o bem-estar de todos os usuários? Mas, pensando bem, não é tão complicado deduzir por que isso ocorreu. Forçar as pessoas a fazer tudo pela web – o objetivo final do Chrome OS – é um jeito de garantir que a fonte de dinheiro dos anúncios continue a fluir, com cada vez mais força.

* fonte: Info


Tags deste artigo: chrome os ubuntu gnu linux windows

33 comentários

Enviar um comentário
  • 4f940384bf990e766db8376a893c72da?only path=false&size=50&d=404Genesis Nobrega(usuário não autenticado)
    24 de Outubro de 2009, 22:56

    Ubuntu versos Google

    Acredito que Ubuntu seguirá sua trajetória valorizando o sofwere live. Sei que o Google tem mais recursos, mas Ubuntu enraizou-se pelo Mundo, e continuará, sendo uma das melhores distribuição Linux por muito tempo.Genesis, Duque de Caxias, RJ.


  • D0b41ffbdb64ffb8d11ad34a3526af3e?only path=false&size=50&d=404Thiago Martins Neves(usuário não autenticado)
    6 de Novembro de 2009, 14:08

    Ridículo

    Simplesmente porque a distribuição da canonical eh uma bosta. Seria mais fácil o google melhorar a da novell, porém a novell está ligada a ms e não fariam isso. Outra, ubuntu usa gnome. Kubuntu não chega a ser uma distribuição, eh apenas um aglomerado de pacotes, assim como era o kurumin


  • 4f940384bf990e766db8376a893c72da?only path=false&size=50&d=404Genesis Nobrega(usuário não autenticado)
    7 de Novembro de 2009, 22:49

    Google Chrome OS x Ubuntu

    De minha parte, estou feliz ver o Sotware Livre conquistar mais um colaborador, dessa vez uma Empresa de peso que é a Google. Também não acredito que ela (Google) prejudique o Ubuntu. Para mim, a diversidade no campo do Sofwaere, é bem vinda. E isso faz provar mais uma vem que o Linux veio para ficar. Que as empresas fechadas botem as barbas de molho, sejam mais amenas quanto a venda de seus protutos proprietários.
    O Mundo, é obvio, mudou, está sempre mudando. A era do monopólio está chegando ao fim principalmente o monopólio do software.


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.