Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

getaddrinfo: Name or service not known

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Ficou pra 2015: sem apoio, Ginga vai sendo deixado de lado pelo governo

28 de Janeiro de 2014, 9:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 126 vezes

Para um padrão selecionado em 2006, os adiamentos de ano em ano na implantação definitiva já se acumularam bastante... "No final das contas, o Ginga permaneceu com um único aliado, o próprio governo federal, que já cedeu a pressões das empresas para adiar sua implementação. E, aos poucos, a coisa só vai ficando mais difícil, com pouquíssimas empresas apostando na tecnologia e desenvolvendo aplicativos para ela, tornando o sistema cada vez menos interessante."

Via canaltech.com.br e Linux Magazine:

Em 2006, o governo brasileiro decidiu pela implantação do sistema japonês de TV digital para o Brasil, aliado ao Ginga – camada de software intermediário (middleware) que permite o desenvolvimento de aplicações interativas para a TV digital – para interatividade com os programas que estariam sendo exibidos. Desde então, a tecnologia evoluiu separadamente e de duas maneiras bem distintas: enquanto a maioria dos canais nacionais já possui transmissão em HD e se prepara para a transição definitiva, o uso do middleware ainda patina.

Em texto publicado no site Notícias da TV, o jornalista Gustavo Gindre decreta o abandono completo do Ginga, cuja implementação obrigatória vinha sendo adiada e, agora, está previsto para aparecer em todos televisores vendidos no Brasil apenas em 2015, apesar de já ser considerado um padrão pela Associação Nacional de Normas Técnicas (ABNT). Desde o ano passado, sua presença é obrigatória em 75% dos aparelhos.

O artigo "Ficou pra 2015: sem apoio, Ginga vai sendo deixado de lado pelo governo" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2014/01/ficou-pra-2015-sem-apoio-ginga-vai-sendo-deixado-de-lado-pelo-governo.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.