Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Como instalar um kernel 100% livre no seu Linux

26 de Julho de 2017, 17:45 , por BR-Linux.org - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 631 vezes

Interessante artigo do Elias Praciano para quem tem visão de licenciamento diferente daquela dos autores do kernel que prefere usar.

Os anos passam, e as questões de nomenclatura continuam interessantes. Mantive o título original porque me pareceu curiosa a justaposição de ideias (instalar um kernel no Linux). Me atraiu a atenção também o trecho citado abaixo, que fala em usar com Linux o kfreeBSD e o GNU/Hurd (que acredito estar se referindo ao GNU Hurd, e não ao GNU/Hurd) – certamente um experimento divertido, se não for com uma prosaica virtualização.

Deixando à parte o meu interesse na terminologia, o procedimento apresentado é bem detalhado, consistindo em editar o apt-sources, baixar e verificar uma chave GPG, selecionar e baixar uma imagem de kernel. A não ser, é claro, que você também prefira usar o libreboot para substituir o BIOS proprietário do seu equipamento – neste caso, também será necessário criar um link simbólico para um arquivo no diretório do gerenciador de boot.

Via elias.praciano.com:

O GNU Linux-libre é um projeto que tem o objetivo de disponibilizar um kernel Linux 100% livre para seus usuários. Caminha ao lado do projeto oficial do kernel Linux, sempre mantendo uma versão “filtrada” – ou seja, sem o código proprietário.

(...) Outras opções de kernel livres e menos conhecidas — que você pode usar com o Linux — são o kfreeBSD e o GNU/Hurd. Sim, o primeiro é o kernel do freeBSD. O Hurd é um projeto da organização GNU, anterior ao próprio Linux. Seu objetivo era substituir o kernel do Unix, por uma opção 100% libre, mas o kernel Linux acabou se provando mais viável e é o que nós usamos hoje, nas nossas distribuições. O kernel GNU/Hurd ainda está em fase experimental.

O artigo "Como instalar um kernel 100% livre no seu Linux" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2017/01/como-instalar-um-kernel-100-livre-no-seu-linux.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.