Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

404 Not Found

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Invalid feed format.

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

Linux Rep.Dominicana

404 Feed not found error: FeedBurner cannot locate this feed URI.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

CELEPAR pára literalmente....

9 de Novembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 2426 vezes

Históricamente é a primeira vez temos uma greve na CELEPAR pelo não cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho, a empresa parou literalmente estamos com aproximadamente 800 trabalhadores ou seja 85% do quadro funcional parado. E a direção atual da empresa ainda não entende porque estamos em greve segundo divulgações nos jornais da Capital, são aproximadamente 800 trabalhadores parados. A Direção da empresa perdeu totalmente a credibilidade e o controle perante mos trabalhadores, os mesmos só aceitam negociar através de mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT).

CELEPAR PARA LITERALMENTE

Os trabalhadores que aderiram ao movimento estão de parabéns pela coragem de defender a sua empresa que é um patrimônio do cidadão Paranaense.
O movimento grevista está fazendo com que a direção entenda a linguagem dos CELEPARIANOS que não aceitam autoritarismo e falta de respeito, acreditamos que empresa chegou a pensar que esses trabalhadores iriam ficar de braços cruzados assitindo tais desmandos.

Os trabalhadores pedem que cumpra-se na íntegra o Acordo Coletivo de Trabalho, alguns dos itens que não estão sendo cumprido que foram simplesmente alterados através de Normas unilateralmente são regime de sobreaviso, Auxílio Educação que estabelece critérios,   horário flexível.
Também a extensão dos benefícios  Auxílio alimentação, Funeral e Plano de Saúde para Assessores e Diretores sem vínculo empregatício com a CELEPAR.
Reuniões Intracordo que não estão ocorrendo para tratar do Plano de Cargos e Salários (PCS), Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e PDVA.
Outro item que não estão cumprindo que consta em nosso ACT é a comunicação do sindicato com os trabalhadores através da caixa postal eletrônica e também os ofícios enviados pelo sindicato que não estão sendo respondidos.

Esclarecemos que a decisão da M.M. Juíza da 12ª Vara do Trabalho de Curitiba somente alterou  a questão da entrada dos veículos no estacionamento, e o SINDPD-PR reitera que esta Medida Judicial está sendo respeitada.
Se a empresa pensou que com esta medida iria alterar a adesão dos trabalhadores na greve, enganou-se mais uma vez,  todos os trabalhadores continuam nos piquetes mas de forma pacífica,  persuadindo nossos companheiros e trazendo ainda mais adesões ao movimento, cumprindo somente com o seu Direito de Greve.

Na questão da contigência a empresa encaminhou uma proposta na qual os diretores do SINDPD-PR não concordaram, pois, não houve uma negociação entre as partes, diante dessa decisão enviamos a nossa proposta que foi acatada pelos trabalhadores, onde sugerimos que os trabalhadores com cargo de confiança ou seja FG tinham total qualificação para suprir as necessidades da mesma.

No dia  06/11/2009 a empresa oficializou a reunião para discutirmos a proposta do plano contigência, onde foram definidos os procedimentos a serem adotados, sendo que, 03 dirigentes sindicais ficaram responsáveis de convocar o suporte técnico analisando a necessidade do serviço.

Também a empresa solicitou uma mediação no Ministério Público do trabalho no dia 09/11/2009 às 09h00, na tentativa de resolver o impasse criado por ela mesma, porque a postura do SINDPD-PR continua a mesma, só discutiremos no Ministério Público conforme deliberação em Assembléia Geral dos Trabalhadores.

O SINDPD-PR e os Trabalhadores CELEPAR agradecem a todos que estão apoiando o Movimento Grevista, agradecemos os companheiros da CUT que estão desde do primeiro dia conosco, Sindicato dos Bancários, Sindicato do Correio, Fundação CELEPAR e SINTRACARP que gentilmente nos cedeu o caminhão de som,  e os meios de comunicação que amplamente estão divulgando o nosso movimento, também agradecemos os trabalhadores da CELEPAR que estão bravamente nos piquetes dos turnos da noite e madrugada.

Vejam fotos do 1º dia de greve 04/11/2009...


Tags deste artigo: celepar ariel greve

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.