Go to the content
or

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Go back to FREE SOFTWAR...
Full screen

BrOffice: Carta pública à comunidade de software livre

februaro 7, 2011 0:00 , by Software Livre Brasil - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 658 times

Veja abaixo o texto enviado na manhã de hoje pelo Claudio F Filho, que há anos percebo como a face pública e sempre em atividade do movimento que impulsiona as ações do OpenOffice e BrOffice em nosso país. Torço para que as situações de interação entre os membros e organizações internas que formam o arcabouço de operação da equipe tenham uma solução rápida e positiva, alinhada aos propósitos históricos do projeto.

Broffice

Carta pública à comunidade de software livre

Pela soberania e conduta digna da comunidade

Trabalho pela comunidade de Software Livre há 10 anos, desde 2001, quando criei a comunidade OpenOffice.org.br, hoje conhecida como BrOffice, além das comunidades Mozilla/Brasil e PostgreSQL-Br, comunidades que são referências mundiais nos respectivos projetos, graças não só ao meu trabalho como ao de todos os amigos, que se juntaram ,voluntariamente, para fazer esses projetos acontecerem.

Nesse período, tivemos pessoas que participaram mais, outras menos; algumas ainda estão desde 2002, ou ainda retornando depois de algum tempo de inatividade, sempre sendo parte de uma grande comunidade onde elas são reconhecidas e, através da meritocracia, assumem responsabilidades e funções dentro dos projetos.

Porém, apesar de sua força, as comunidades não conseguiam interagir institucionalmente com entidades como o governo, iniciativa privada ou terceiro setor, sendo que se tornou necessário uma pessoa jurídica, na forma de uma associação, para que as representasse. Assim, em 2005 surgiu a BrOffice.org – Projeto Brasil, uma associação sem fins lucrativos que serviria para APOIAR juridicamente os projetos de software livre no país.

Infelizmente, dentro da comunidade BrOffice surgiu uma confusão entre a Comunidade e a Associação. Muitos imaginavam que a Associação surgiu para COMANDAR A COMUNIDADE, o que não procede, nem é verdade! A Associação foi criada para APOIAR as comunidades. Infelizmente, houve uma recondução da Associação que a desalinhou dos objetivos estatutários e institucionais, através de um grupo de pessoas, com interesses pessoais, desconsiderando a própria comunidade, com “decisões” sobre o norteamento dos trabalhos, mesmo sem representatividade ou reconhecimento estatutário para tais ações, como, por exemplo, nos projetos “Revista BrOffice.org”, com arbitrariedades; ou do “Encontro Nacional BrOffice”, tendo este a “decisão” de não execução. Neste, em particular, perguntei se precisaria pedir para outra associação representar juridicamente a comunidade, uma vez que a entidade que batalhei para fundar, não a faria.

Felizmente, a própria comunidade detectou essas ações e reagiu, a ponto de, como não poderia deixar de ser, não reconhecer essas pessoas como líderes, muito menos acatar “decisões”, frise-se, desprovidas da imprescindível representatividade, tomadas arbitrariamente pela Associação a respeito e acerca das atividades da comunidade, que, como se vê, mostrou sua autonomia e soberania.

http://softwarelivre.org/furusho/broffice/claudio-filho-iii-odf-workshop-2009.jpg
foto por Vitorio Furusho - III ODF Workshop

De minha parte, continuo na luta pelo software livre como voluntário que sou, e no alinhamento da Associação que batalhei tanto para criar e manter, junto com pessoas que admiro muito por seus feitos no país por essa causa, para que a Associação BrOffice.org continue a ser mais um braço da comunidade, fazendo o software livre voar ainda mais alto em nosso país!

Um abraço,

Claudio F Filho
Voluntário da comunidade de software livre no Brasil

* blog do Cláudio Filho


This article's tags: claudio filho broffice comunidade software livre odf software livre libreoffice iso 26300 nbr iso 26300
Source: http://br-linux.org/2011/broffice-carta-publica-a-comunidade-de-software-livre/

0no comments yet

Post a comment

The fields are mandatory.

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.