Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Brasília será cidade digital com interligação das redes federal e local

24 de Fevereiro de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1336 vezes

http://softwarelivre.org/image_uploads/0003/1761/CidadesDigitais_big.png?1278417633O Ministério das Comunicações e o governo do Distrito Federal começaram a discutir a implantação de infraestrutura para fazer de Brasília uma cidade digital, com redes de fibras óticas cobrindo todo o DF e equipamentos sem fio para garantir acesso gratuito à internet em espaços públicos.

O primeiro passo será a interligação entre as redes já existentes dos governos federal – a Infovia Brasília, sob gestão da Telebrás e do Serpro – e a local, especialmente com fibras da Companhia Energética de Brasília, que já conecta órgãos da administração do DF.

“Vamos interligar as redes e, a partir daí, ver onde é necessário instalar mais fibras. Depois se verá a viabilidade da instalação de equipamentos Wi-Fi”, disse o presidente da Telebrás, Rogério Santanna, que participou da reunião com o ministro Paulo Bernardo e o governador Agnelo Queiroz – a estatal será responsável por encaminhar o processo de interligação das redes.

Ainda não está definido como será o compartilhamento dos custos envolvidos, mas o governador ouviu o exemplo do que foi feito na administração federal. “Lembramos que no caso da rede federal, o custo foi coberto, com sobras, pela economia nos contratos de telefonia”, disse Santanna. “O Distrito Federal pode fazer a mesma coisa”, completou.

Isso porque o governo federal utiliza a rede de fibras também para comunicação de voz, o que resultou em uma redução anual de aproximadamente R$ 18 milhões nos gastos com telefonia. Valor superior, portanto, ao que foi investido para a construção da Infovia, calculado em R$ 11 milhões.

No caso do DF, a redução de gastos pode ser ainda mais relevante. Só com a Brasil Telecom o governo da capital possui dois contratos de R$ 27,7 milhões – cada um. Ainda que não se tratem de contratos exclusivamente de voz, o impacto do uso de tecnologias como o VoIP nas ligações dos órgãos públicos seria relevante.

Como a infraestrutura existente será aproveitada, o governo do DF acredita que o resultado pode ser atingido rapidamente. “Temos condições de em dois anos ter um avanço extraordinário para fazer da capital do Brasil uma cidade digital”, afirmou o governador do Distrito Federal.

Paralelamente, DF e a administração federal querem que essa infraestrutura seja utilizada para a oferta de serviços de governo eletrônico. Para isso, outros ministérios serão convidados a participar das discussões sobre o uso da rede, assim como o governo da capital quer aproveitar os serviços de matrículas na rede de ensino ou de consultas na saúde pública.

:: Luís Osvaldo Grossmann
* fonte: Convergência Digital


Tags deste artigo: internet furusho cidades digitais brasília distrito federal banda larga minc pnbl

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.