Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Twitter do CulturaGovBr

getaddrinfo: Name or service not known

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Comunidade do Fórum da Cultura Digital Brasileira

19 de Julho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

O Fórum  da Cultura Digital Brasileira é um espaço público e aberto voltado para a formulação e a construção democrática de uma política pública de cultura digital, integrando cidadãos e insituições governamentais, estatais, da sociedade civil e do mercado.


Plataforma passa por reformulação e assume seu lado blogueira

1 de Agosto de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

A rede social CulturaDigital.Br passou nos últimos seis meses por um processo de atualização que visa a melhorar o uso por parte dos membros (e futuros membros) da plataforma. O trabalho consistiu em modernizar as interfaces de navegação e reestruturar toda a parte técnica “por trás” da plataforma, o que foi feito por meio de atualização e novos desenvolvimentos de plug-ins, limpeza de banco de dados e outros ajustes técnicos que se faziam necessários após três anos no ar.

Foram atualizados jQuery e javascripts, a linguagem php, o apache server, a versão do WordPress, do BudyPress, do BBPress, além dos temas disponíveis na rede e todos os demais plug-ins instalados. Para saber mais sobre as especificações técnicas da plataforma, acesse o relatório de análise da rede feito pela Faracy WordPress Solution, empresa de Brasília responsável pelo serviço técnico, disponível em: http://www.slideshare.net/Culturadigital/relatrio-de-anlise-da-plataforma-cultura-digital.

A modernização da página inicial e outras internas buscou qualificar ainda mais a navegabilidade e usabilidade da plataforma, sem descaracterizar a proposta anterior, que foi considerada em avaliações internacionais uma das melhores já produzidas utilizando a ferramenta BuddyPress. Agora, na tela de início é possível ver as menções com a tag #culturadigitalbr no Twitter e “as últimas blogadas” na rede. A mudança foi feita para garantir mais visibilidade aos conteúdos postados nos blogs ativos na plataforma, que também ganharam opções de temas mais atuais.

Reforçar os blogs é uma diretriz desta nova fase. Estudos de uso da rede apontaram que esta é uma das principais vocações do CulturaDigital.Br, que passa então a assumir-se como “uma plataforma pública de blogs”. Essa função de conversação e produção de conteúdo faz com o que o CulturaDigital.Br siga exercendo um papel de referência para os usuários das redes culturais e das instituições públicas brasileiras.

No ar desde julho de 2009, a rede CulturaDigital.Br contabiliza em julho de 2012 quase 7 mil membros, 2 mil blogs, 400 grupos de discussão e 500 fóruns. Além disso, agrega conteúdos diversos sobre o tema espalhados pela internet na aba “Na Web”, transformando a rede em um dos maiores agregadores de conteúdo sobre cultura digital na internet brasileira.

Inicialmente, a plataforma CulturaDigital.Br foi criada para ser um ambiente de formulação de políticas públicas, e estava associada ao processo do Fórum da Cultura Digital Brasileira. O Fórum também teve duas edições presenciais e se constituiu como um espaço fundamental para a formulação de políticas culturais para a era digital, ao promover o diálogo aberto entre gestores do governo, do mercado e da sociedade civil.

Projeto do Ministério da Cultura em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), o CulturaDigital.Br teve a sua reformulação patrocinada pela Petrobras, como parte do Programa Petrobras Cultural (PPC). O projeto foi um dos contemplados na categoria “cultura digital” da seleção pública.

Share



Cinco Blogs para acompanhar ações de governo

1 de Agosto de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Diversos órgãos públicos estão na plataforma CulturaDigital.Br para se comunicar pela rede com as mais diversas audiências. É o caso, por exemplo, do  Núcleo de Comunicação Pública da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, que mantém o Sicom. No espaço, agentes de comunicação de diversos órgãos do poder executivo federal postam notícias para divulgar ações de ministérios, da presidência e de órgãos parceiros. Lá é possível ainda conhecer as regras e documentos que balizam a comunicação desses órgãos.

Já braço de articulação do MinC na região Nordeste, a Representação Regional do Nordeste do Ministério da Cultura, mantém o seu próprio canal, no qual são detalhadas as ações desenvolvidas e postadas informações relevantes para quem acompanha o setor.

Dois espaços do Ministério da Justiça merecem destaque. O blog para a discussão sobre classificação indicativa de filme publica notícias sobre o assunto e documentos internos relativas ao debate. E o Marco Civil da Internet que segue acompanhando a tramitação do projeto de lei que regulará os direitos e deveres na rede.

Outro destaque é o projeto do Sistema Nacional de Informação e Indicadores Culturais, do Ministério da Cultura, que propõe a criação de um banco de dados de bens, serviços, infraestrutura, investimentos, produção, acesso, consumo, agentes, programas, instituições e gestão cultural, e transparência, como suporte à implementação do Plano Nacional de Cultura, que define ações públicas de cultura até 2020.

Share



Tags deste artigo: cultura digital