Ir para o conteúdo
 

Blog RSS feed

ou

 Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

GNU/Linux roda em 41% das empresas brasileiras de TI, diz pesquisa

25 de Março de 2014, 15:14 , por Matheus de Mendonça Sampaio - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 174 vezes

O sistema operacional de código aberto GNU/Linux é utilizado em 41% das empresas brasileiras de Tecnologia da Informação (TI), segundo dados do Censo do Setor de TI realizado pela Assespro Nacional, em parceria com a Aleti - Associação das Empresas de TI da América Latina, Caribe, Portugal e Espanha.

O GNU/Linux é superado apenas pelo conjunto de produtos da Microsoft, que detém 78% do mercado. Ainda de acordo com a pesquisa, a Apple atinge 10% do setor, enquanto os demais sistemas operacionais para dispositivos móveis somam 28% de participação.

O índice brasileiro é inferior ao de países como Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai, onde o GNU/Linux está presente em 58% das empresas. Entre os países pesquisados, apenas Portugal e Espanha possuem percentuais de uso semelhante ao do Brasil.

Quando o assunto é o uso de tecnologias livres em geral, a tendência se repete: 38% das empresas brasileiras utilizam tecnologia aberta em seus processos internos com frequência ou de forma contínua, já nos países do Cone Sul e na Península Ibérica esse índice chega a 55%.
 
Entre as organizações que adotam tecnologias livres, apenas 9% entre as brasileiras fazem a disponibilização ao público em modelo aberto, enquanto no Cone Sul a prática está presente em 22% e na Península Ibérica em 28% das empresas pesquisadas. “Após mais de uma década de políticas públicas de fomento ao software livre por parte do governo, estes dados indicam que os resultados obtidos no setor privado de TI são inferiores ao de outros países onde essas políticas não foram implementadas, o que serve de alerta em relação à eficácia delas”, avaliou o presidente da ALETI, Roberto Carlos Mayer, em entrevista ao Olhar Digital/Uol.

No total, o Censo do Setor de TI ouviu 849 empresas de Tecnologia da Informação de 17 países que integram a Aleti, incluindo América Latina, Caribe, Portugal e Espanha.

 
Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/pro/noticia/40779/40779


Tags deste artigo: gnu/linux software livre

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.