Ir para o conteúdo
 

Blog RSS feed

ou

 Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Cooperativismo foi destaque no Fórum Internacional de Software Livre

9 de Agosto de 2012, 0:00 , por Software Livre Brasil - 22 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 4387 vezes

Cooperativismo e software livre são dois conceitos com ideais em comum: ambos têm como premissa a colaboração e o pensamento de que o trabalho coletivo pode gerar resultados maiores e melhores do que o individual. Por isso, o tema não ficou de fora da programação do 13º Fórum Internacional Software Livre. Na noite desta quinta-feira, dia 26, o painel Cooperativismo, sua representação e força contou com um grupo de palestrantes que reuniu os dois conceitos em um modelo de negócios.

Para introduzir o tema, o analista de sistemas do Sescoop RS, Ednilson Mambac, apresentou um panorama das cooperativas gaúchas e dados que consolidam a força deste modelo na economia do estado. "O cooperativismo gaúcho representa 11,3% do PIB do Rio Grande do Sul", destacou. Mambac também salientou a criação pelo Sescoop da Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo - Escoop, a primeira faculdade de cooperativismo do Brasil. A primeira turma teve início em 2012, coincidentemente no mesmo ano que a Organização das Nações Unidas (ONU) nomeou como Ano Internacional das Cooperativas.

Complementando a fala de Mambac, Gustavo Mini, publicitário da agência Competence, apresentou o projeto que a empresa tem desenvolvido junto ao Sescoop para promover o cooperativismo entre os jovens gaúchos. Por meio de uma plataforma digital que inclui site e perfis em redes como YouTube, Facebook e Twitter, o projeto tem conquistado a adesão de cada vez mais jovens que se identificam com o modelo cooperativista.

Depois, foi a vez das cooperativas apresentarem seus cases. Armando Taffarel Neto contou a história da Solis, Antônio Terceiro falou sobre a Colivre e Leandro Monk fechou a palestra apresentando a Gcoop. As três têm origens muito parecidas: surgiram basicamente da vontade que jovens tinham de viver de software livre e que encontraram no sistema cooperativo valores muito mais próximos desse negócio do que em um modelo de empresa tradicional.
 
Sobre o Fórum Internacional Software Livre (fisl)
O Fórum Internacional de Software Livre (fisl) acontece desde o ano 2000 - chegando em sua 13ª edição. É considerado o mais consolidado evento da área na América Latina e um dos maiores do mundo. Fundado nos  ideais  construídos  inicialmente  pelo físico e programador Richard  Stallman  e,  posteriormente,  pela comunidade  de  hackers  e  desenvolvedores  do  sistema  operacional  GNU/Linux, o fisl surgiu de uma mobilização em prol da luta pela liberdade e autonomia tecnológica do país. O  evento  é  o momento  de  encontro  físico  de  muitas  pessoas do de diversas partes do mundo que  se  conhecem  e  trabalham  apenas  pela internet em projetos das mais variadas temáticas. A comunidade de usuários é o coração do fisl e interage com diversos outros setores da sociedade, como a academia, profissionais, empresas, investidores, governos e sociedade civil.

Fontes: Site fisl13 e Geração Cooperação


Tags deste artigo: cooperativas colivre fisl fisl13

1Um comentário

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.