Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

BLOGUE DE CLOVIS MOURA

Clovis Moura

0 amigos

Nenhum(a)

 Voltar a Blogue de Cl...
Tela cheia

Flagelo Nordestino

21 de Janeiro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 769 vezes

Flagelo Nordestino

Sol ardente sem cessar

Agora é tudo cinzento

Muita poeira e vento

Nordeste sentimento

Agonia a clamar

As famílias sem destino

Crianças em desatino

Eterno chorar

Os animais formam

Um coral de clamor

Falta água e comida

Terra sofrida

Olha doutor

E Senhor Deus também

Olhai pra terra que

Filhos teus

Também tem. [1]

Sertanejo.



[1] Esta poesia ganhou o terceiro lugar no concurso da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos em 1989 cujo resultado foi publicado no Boletim Interno nº 140/90 em 08/08/1990.

Foi escrita pelo autor deste livro o qual se utiliza do pseudônimo Sertanejo para assiná-la.

 


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.