Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia
 Feed RSS

Blog

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

100º Cordel

10 de Setembro de 2020, 15:22, por O Bardo - 0sem comentários ainda

Este mês, completo 100 cordéis publicados. O 100º é um título especial, autobiográfico: Galope Estelar, com capa feita a partir de ilustração de Frank Kiliel. Além deste, gratuito, também foi publicada a versão ebook do Pulp Zine 2, com o conto O Poeta da Colina, também gratuito. Pela Amazon,como ebook a R$ 2,00, um cordel que fala sobre consumismo, sonhos e carências: O Colecionador de Sonhos.

Special:
Avalie: 
Select rating Give 100º Cordel 1/5 Give 100º Cordel 2/5 Give 100º Cordel 3/5 Give 100º Cordel 4/5 Give 100º Cordel 5/5
No votes yet


Níveis de Cenário

9 de Setembro de 2020, 21:17, por O Bardo - 0sem comentários ainda

Estava pensando outro dia sobre cenários de RPG e notei que uma coisa me inquietava: o termo servir tanto para descrever uma cidade quanto um universo inteiro de aventuras. São tipos de cenário interessantes, cada um a seu modo, muitas vezes coexistindo.

Pensando nisso, elaborei uma classificação de cenários quanto ao escopo que eles abrangem. Segue para quem julgar isso interessante:

Nível 0 - Local

Um bairro, uma vila, escola ou castelo. Representado com uma planta, com descrição de pontos importantes e algum grau de detalhamento dos personagens. Um cenário nível 0 pode ser a cidade onde as aventuras começaram, onde os personagens dos jogadores têm uma proximidade com as pessoas mais conhecidas do lugar. Pode ser um pequeno castelo, uma masmorra, uma pequena ilha.

Nível 1 - Região

Espaço que pode envolver uma metrópole, uma grande cidade, um grande castelo com seu entorno. Apesar de pequeno o espaço, é suficiente para certos personagens viverem tranquilamente toda a sua vida por ali. Referências incluem pontos importantes, bairros, ruas e rios. Exemplo: Floresta de Sherwood.

Nível 2 - Civilização

Foca em um povo específico. Geralmente com uma língua principal. Pode abranger outros povos, mas de forma secundária. Pode ser um reinado ou um país.

Nível 3 - Mundo

Apresenta um planeta inteiro ou extensão de terra conhecida. Pode envolver países e continentes distintos. A maioria dos cenários de RPG de fantasia medieval se encontra nesta categoria. A Terra Média é um exemplo deste tipo de cenário.

Nível 4 - Multiverso Estrito

Reúne mundos regidos por leis parecidas. O multiverso de D&D é um exemplo.

Nível 5 - Multiverso Amplo

Reúne mundos cujas leis podem divergir um pouco. Certas características próprias de certos mundos continuam restritas. Em um mundo a magia funciona, em outro não.

Nível 6 - Macrouniverso

Inclui universos paralelos, outras dimensões, onde tudo pode transitar, misturando realidades totalmente distintas como um mundo de horror e um de desenho animado do Pica-pau.

No XR-III

O nível 6 é o pulo do gato do XR-III, que permite a transição entre mundos regidos por leis totalmente distintas, Isso é permitido com a substituição dos modos de jogo.

Enfim, espero que seja útil. Pretendo utilizar esta notação como base de classificação de cenários de XR-III. Claro que uma classificação mais completa exigiria outras informações: proximidade com a Terra real, autoral ou adaptação, gênero de ficção principal...

P. S.: Imagem utilizada no post.

Special:
Avalie: 
Select rating Give Níveis de Cenário 1/5 Give Níveis de Cenário 2/5 Give Níveis de Cenário 3/5 Give Níveis de Cenário 4/5 Give Níveis de Cenário 5/5
No votes yet


Assistindo TV no RPG

5 de Setembro de 2020, 17:49, por O Bardo - 0sem comentários ainda

Aconteceu de eu estar narrando uma partida de RPG dia desses e um personagem resolveu ligar a televisão. E agora? Bem, podemos chutar algo que estaria passando e a gente conheça, podemos descrever uma cena chata qualquer de propaganda ou novela e torcer para o jogador perder o interesse. A solução que adotei foi criar um sistema de streaming. Um pequeno sistema de gerar conteúdo de tv. O RPG-Flix!

Primeiro, você arruma um jeito de gerar nomes de filme aleatórios. Pode pegar nomes de artigo da Wikipédia, trending topics... Qualquer coisa dessas pode ser base para esses nomes. Uns 4 por vez está bom e só se nenhum agradar é que o personagem bota a seta para baixo na TV e você gera mais quatro nomes.

Uma vez escolhido o conteúdo (filme, série, desenho...), você escreve num papel 6 opções de início. Os jogadores podem ajudar sugerindo alguma. Então, role o dado para ver o que acontece. Descreva o acontecido para os jogadores.

Agora escreva mais 6 opções e role novamente. Siga assim até terminar o filme ou os jogadores se cansarem. Considere que cada rolagem representa 5min de filme e um filme tem entre 70 e 150 minutos. Ou seja, passou da 13ª rolagem você já pode ir pensando em encerrrar e aproveite os resultados das rolagens para isso.

Exemplo prático

Filmes fictícios:

  1. Quero ser um Beetle (pensei nisso a partir do artigo sobre George Harrison na página inicial da Wikipédia)
  2. Furacão Laura (o furacão existe, mas o filme pode ser sobre uma Laura destrambelhada)
  3. Indianápolis 1.500 (poderia ser uma ficção histórica sobre uma corrida de carroças)
  4. Destrato de Tordesilhas (brincadeira com o nome Tratado de Tordesilhas, pode render uma boa comédia.

Com isso, digamos que o jogador escolheu a opção 3.

Opção Início Crianças começando A ideia Apostas, eles...
1 Viajante do tempo Tem uma ideia Fazer uma corrida Vão atrás da vó
2 Filho de vaqueiro Sabem de uma corrida Construir um carro Falam com o xerife
3 Freira Veem uma perseguição Corrida de tartarugas Falam com o padeiro
4 Grupo de crianças Encontram um livro Empreender apostas Falam com o bancário
5 Duas irmãs sonhadoras Roubam cavalos Entrar num navio Vão pensar na montaha
6 Visitante alienígena Brincam com carrinhos de madeira Corrida de cachorros Resolvem fazer tudo sós

Nesse exemplo, tivemos 4 decisões aleatórias sequenciais, representando vinte minutos de filme. A história seria: Um grupo de crianças estava brincando na rua quando um deles teve uma ideia muito boa: "E se a gente fizesse algo para ficar rico?" Eles se empolgaram com isso e conversaram sobre como poderiam fazer. Decidiram que iam fazer tudo sozinhos, não precisavam de adultos para isso.

Nesse exemplo, a história pode continuar  com mais ciclos de opções e sorteios. Como o nome do filme é Indianápolis 1.500, é bom em algum momento aparecer uma corrida e a época ser no passado, mas nem precisa.

Experiências

O uso dessa técnica rendeu filmes bem interessantes por aqui.

Em um deles, uma nave espacial estava viajando para exploração quando um dos tripulantes apareceu morto. A causa: um alienígena com formato de bola de basquete (?) tinha entrado na nave.

Em outro filme, uma criança e seu avô moravam em uma colônia em Marte. Quando voltaram pra casa, encontraram uma pessoa desconhecida dormindo em seu sofá. Os caminhos levaram os dois a empurrar o sofá para fora de casa, tentar acordá-lo sem sucesso, voltarem pra dentro de casa para atender o telefone e outras maluquices.

É isso. Fica a sugestão para quando seus personagens quiserem assistir alguma coisa. :-)

Anexo Tamanho
Image icon tvpost..png 82.89 KB
Special:
Avalie: 
Select rating Give Assistindo TV no RPG 1/5 Give Assistindo TV no RPG 2/5 Give Assistindo TV no RPG 3/5 Give Assistindo TV no RPG 4/5 Give Assistindo TV no RPG 5/5
No votes yet


Produção de Agosto

23 de Agosto de 2020, 17:44, por O Bardo - 0sem comentários ainda

Este mês, três novidades novamente chegam até vocês:

  • Internet Através do Tempo - este cordel apresenta a história da Internet misturada à história do Internet Archive. Para quem não conhece, o Internet Archive é um projeto que pretende manter um histórico da Internet tão grande quanto puderem. A Wayback Machine (um dos diversos projetos deles) permite ver como certas páginas eram em vários momentos, podendo ter registro de mais de 20 anos atrás! O cordel exmplica melhor e fala dos projetos dessa ONG incrível (não tenho ligação com a ONG, só admiro bastante o trabalho deles) e está à venda na Amazon.
  • Grafite Temporal - aqui temos uma história de uma criança pobre com seu cachorro pedalando pelo mundo futurista de Lampião Elétrico (que não aparece nem é citado na história, os dois só compartilham o cenário). Está disponível gratuitamente na Biblioteca Cordéis.com.
  • XR-III - Modo Passatempo - depois do Modo Micro e do Modo Básico, é a vez do modo feito para usar tabuleiros comuns de passatempo. Assim como os outros dois, este modo é um sistema de regras feito em cima do XR-III, o que torna os 3 sistemas (modos) compatíveis, apesar de bem distintos. O Xpass (como o apelidei) é bastante adequado para aventuras heróicas, com mais detalhamento de combates e regras para burlar ou adiar a morte. Os tabuleiros aqui são usados mais como mapas gerais do que como plantas baixas. Três características interessantes e particulares são o dado estendido (mesmo usando um d6, dá pra tirar resultados bem mais altos), a regulagem do nível de dificuldade das aventuras e o foco nos jogadores, o que permite que ele seja jogável até mesmo sem mestre! Está publicado em duas versões:
    • XR Zine #05 - como os outros XR Zines, você compra por apenas R$ 2,00 no Dungeonist e tem o livreto em 2 formatos: um pronto para imprimir frente-e-verso (depois você corta, ordena e grampeia, para ter o zine num formato de livreto parecido com cordel) e um como ebook adaptado para leitura em dispositivos de tela pequena. Esta versão vem com uma aventura pronta chamada Cyberludo, que se passa em um mundo de Realidade Virtual representado em um tabuleiro de Ludo. Além disso, ainda há várias ideias para quem quiser continuar a brincadeira nessa pegada.
    • XR-III - Modo Passatempo - CC - Versão gratuita, também no Dungeonist. Esta você obtém em 2 formatos: PDF (seco, sem formatação) e ODT (editável em programas como o Libre Office). Liberado sob licença permissiva, você pode utilizá-lo como base para fazer um RPG, especialmente útil se você pretende fazer um à moda antiga, com regras, cenário e recursos juntos em um só livro!

É isso aí! Espero que gostem! Mês que vem tem mais!

Anexo Tamanho
Image icon trio-2020-08-internet.png 160.53 KB
Special:
Avalie: 
Select rating Give Produção de Agosto 1/5 Give Produção de Agosto 2/5 Give Produção de Agosto 3/5 Give Produção de Agosto 4/5 Give Produção de Agosto 5/5
No votes yet


Cordéis de Julho

5 de Julho de 2020, 18:43, por O Bardo - 0sem comentários ainda

]

Continuando na linha de publicar ao menos um cordel inédito por mês, em julho trago estas 3 novidades:

  • Bela e o Leão - cordel que reconta a história clássica da Bela e a Fera. Nesta versão as coisas acontecem de um jeito um pouco diferente. À venda na Amazon como ebook (gratuito se você for assinante do Unlimited).
  • Romance na Serra do Fogo - este cordel apresenta a história de amor entre Zand e Knova, dois personagens importantes na trilogia Escarlate. A história acontece antes da trilogia e é narrada em setilhas piratas e está disponível como um ebook gratuito.
  • Pesquisa Espacial - o conto que publiquei em 2019 volta ampliado e em formato de ebook gratuito.

Se quiser mais material para ler, você pode procurar livros meus na Amazon, no Dungeonist ou nos Cordéis do Bardo!

Avalie: 
Select rating Give Cordéis de Julho 1/5 Give Cordéis de Julho 2/5 Give Cordéis de Julho 3/5 Give Cordéis de Julho 4/5 Give Cordéis de Julho 5/5
No votes yet