Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blog
Tela cheia

A "nova" Revolução dos Sistemas Operacionais (Era do Microkernel)

8 de Novembro de 2017, 13:27 , por Wellton Costa de Oliveira - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 13 vezes
Hqdefault

Hoje estava pesquisando sobre o novo sistema operacional do Google (FuchsiaOS) e este possui o Microkernel Magenta. Foi quando achei a matéria "O que aconteceu com o Hurd? - A história do Sistema Operacional GNU" http://qttr.at/1zru. E acabei fazendo o pequeno texto abaixo sobre minha visão sobre tudo isso.

só para contextualizar: o Hurd é o Kernel original do sistema operacional GNU. mas por conta da demora para a liberação da licença do Mach (microkernel), por conta da escolha da arquitetura microkernel (100% dificil de fazer), e por conta do processo do BSD pe09la AT&T e todos os esforços dos desenvolvedores de kernel foram para o pequeno projeto de um estudante lá da Finlandia chamado Kernel Linux, todos "abandonaram" o Hurd pela demora e o BSD por conta do processo. 

Kernel Linux utiliza a arquitetura do UNIX (1969), que é um kernel monolítico, e todos sabem que este tipo de arquitetura vai entrar em colapso num futuro nao tao longe... sabendo disso, o Google estará acabando com o projeto Android (kernel Linux) e o projeto ChromeOS (kernel Linux) e vão "unir" os dois em um novo projeto chamado FuchsiaOS (que usa um novo kernel com arquitetura microkernel chamado Magenta).

Futuro: Magenta (nao sei se será software livre), Minix (software livre) e Hurd (do GNU), até agora... talvez novos microkernels irão aparecer, mas colegas, estamos vivendo exatamente na transição de arquitetura de sistemas operacionais.

Microsoft e Apple já usam uma mistura de arquiteuras (parte Microkernel, parte Monolítico), é o que eles chamam de Kernel Híbrido.

Microsoft contratou um dos professores pesquisadores da CMU (Carnegie Mellon University) responsável pelo Microkernel Mach para fazer o Windows New Technology (NT) que é híbrido.

A então empresa NextComputer do Steve Jobs (in-memorian), empresa criada quando este foi expulso da própria empresa (Apple) contratou o outro professor pesquisador da CMU também responsável pelo Microkernel Mach para fazer o sistema operacional de kernel híbrido chamado NextStep (parte BSD, parte Mach), que posteriormente se transformou no MacOSX, quando Apple comprou a NextComputer e junto a recontratação de Steve Jobs.

Eles estão seguros, o Google sabe que não está seguro com kernel monolítico, encabeçada pela Linux Foundation.Eu particularmente aguardo com esperança o Hurd para completar 100% o Sistema Operacional GNU. Pretendo estudar sobre Microkernel de maneira mais aprofundada para tentar contribuir com alguma coisa no futuro com o Hurd.


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.