Version of that post in other languages, using google translate.

Antes de tudo, sincera desculpa se ficou uma postagem grande, também por qualquer error ortográfico, conteúdo mal explicado, algum crédito esquecido ou algo que não lhe agrade. Quero que saiba que esta postagem foi redigida o mais rápido que posso, isso porque já esta muito “tarde” e não tenho muito hábito ou tempo para postar.

Esta postagem é um relato pessoal da grande festa virtual feita para o Debian por usuários do debian! Quem não sabe, o Debian talvez seja a maior e melhor distribuição do Mundo, seja GNU/Linux ou GNU/, é o sistema operacional universal. Alguns números dessa grande comunidade de pessoas você pode encontrar no cartão comemorativo dos 17 anos do Debian.

Esse relato não seria possível se Ana B. Guerrero López não tive-se enviado um email sugerindo a criação de uma cartão comemorativo, assim como as estatísticas representadas no cartão não existiria se Tiago Vaz juntamente com ela não providencia-se a pesquisa. Porém o mais importante de tudo isso é que toda essa ação aconteceu de forma pró-ativa, não tivemos uma ordem de um patrão ou grande milionário para executar. Um pouco mais tarde, ainda agindo internamente, trocando emails em “modo surpresa”, tivemos relevantes considerações de Marga sobre a proposta inicial do cartão comemorativo o qual utilizaria uma das ilustrações feita por Davi Rohs, e bem próximo das últimas horas para postagem oficial me lembrei de algumas lindas ilustrações livres do OpenClipArt.org, sendo a origem do bolo feito por dstankie e os famosos balões feito por AJ, todas essas artes estão em domínio público e contribuíram muito para a composição da peça final. Sobre a composição, utilizei o Inkscape (Software Livre) para trabalhar os elementos, desagrupando, colocando espiral no bolo e nos balões.

Logo depois da publicação, rapidamente as pessoas através de microblogs estavam compartilhando diferentes links para o mesmo cartão que estava em diversos lugares da web, algo que talvez seja impossível dizer quantos e onde. Sei que o site oficial do Debian e até o do Ubuntu publicaram e eu até tentei descobrir outros grandes sites.

Sobre a construção do Thank.Debian.Net ou melhor do Debian Appreciation Day, bem acredito eu que o código já estava sendo desenvolvido alguns dias ou horas atrás por Marga, Maxy e Raphael, minutos depois da publicação do cartão comemorativo foi que pude contribui na construção de uma identidade visual, bem similar ao cartão para formar uma unidade de campanha e foi nessa hora que veio o verdadeiro insight dos balões flutuantes.

Sobre os balões flutuantes, bem, pedi ajuda alguns amigos para desenvolver um código novo e limpo em javascript mas eles estavam bastante ocupados e outros não responderam a tempo. Então fiz uma busca na web e achei uma versão livre, de um javascript antigo e bugado, porém funcionava como prova de proposta, então anunciei o link em um canal aberto no irc.debian.org e algumas pessoas começaram a copiar os balões bugados e colocar em seus blogs e assim depois identificamos o bug, qual passamos toda uma madrugada acordado (eu, pabs e marga) tentando solucionar a sujeira desse código, porém só mais tarde o Maxime LONGUET – ITIKA me enviou um email com patch para correção do bug e minutos depois Aurélio Heckert me enviou um código javascript totalmente novo, mais limpo, rápido e funcional. Foi ai que intensificou a divulgação em microblogs e muitos sites, portais e blogs estavam utilizando os balões flutuantes quais ao clicar redirecionava para o Thank.Debian.Net, até o wiki.debian.org e bugs.debian.org ganharam balões flutuantes.
Porém algumas pessoas já estavam blogando que os balões estavam atrapalhando o bugs.debian.org e que essas mesmas pessoas não sabiam desabilitar o javascript ou esperar algumas horas para voltar tudo ao normal… Enfim, elas não estavam gostando da Festa do Debian. Porém outras pessoas estavam blogando muito feliz e alguns sites estavam comentando como sendo uma coisa legal os balões flutuantes do bugs.debian.org. Então resta analisar e saber o quanto isso beneficiou a comunidade. Logo abaixo um registro pessoal de alguns grandes blogs, portais e sites que utilizaram os balões:

Dentre os sites acima destaca-se: O blog de desenvolvedor(es) Debian, o site pessoal de colaborador(es) e usuário(s) Debian, assim como o portal da Revista Espirito Livre, qual tem um grande reconhecimento no Brasil, o perfil de usuários na maior rede social brasileira de Software Livre e muitos outros… Quer ver?

Os números que tenho:
216.679 requisições, sendo 10 arquivos (9 balões e 1 arquivo javascript), dá um total de 21.667 visualizações!
Aqui você tem um resumo dessas estatísticas.

O Thank.Debian.Net teve mais de 3000 agradecimentos recebidos, porém como comentado por Marga é possível que muitos se sentiram ainda tímidos para deixar um registro, na verdade eu acredito que a dificuldade encontrada pode ter sido porque o site era somente em idioma Inglês. Enfim, mas considero um registro muito significante para uma campanha realizada em menos de 72 horas.

Para finalizar a postagem, gostaria de dizer que essa grande Festa do Debian na Internet foi algo bem similar com a grande festa do Debian Brasil que realizamos uma vez por ano no FISL. Quem já veio a esse evento e participou dessa festa, sabe que temos muitos balões, muita comemoração. Até Maddog já foi a festa do Debian no FISL.

Agora fica o convite para pensar em uma grande festa na web do lançamento da próxima release conhecida como “Squeeze”.

E para quem chegou até aqui viu que não é somente mérito meu, mas de muitas pessoas que passaram noites do dia 14, 15 e 16 desse mês de agosto, programando, desenhando ou blogando sobre a grande Festa que é a comunidade Debian. Sinto muito orgulho de fazer parte dessa família há mais de 10 anos.

:D