Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Fotos

Organização

Apoio

 

Divulgação

Tela cheia

Software livre e articulações em rede

29 de Agosto de 2013, 14:57 , por Paulo Santana - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 217 vezes

Palestra: Software livre e articulações em rede

Descrição:

Vivemos um momento histórico no debate sobre o uso das tecnologias da informação e comunicação. O escândalo de espionagem do governo norte-americano deixou o resto do mundo em alerta e preocupado com a privacidade dos dados de governo e cidadãos. No Brasil. é debatido o Marco Civil da Internet e a neutralidade de rede é a grande polêmica.  A sociedade latino-americana coloca a democratização da comunicação na pauta de seus debates. E as mobilizações organizadas e divulgadas nas redes sociais trazem novamente a tecnologia para o centro da ação política.

Neste sentido, ampliar o debate sobre a relação do desenvolvimento de software com coletivos, redes, movimentos sociais, sindicatos, ongs, quilombolas, povos de terreiro, artistas, empresas, governos e outros diversos movimentos se torna tarefa fundamental por entender que o conhecimento é gerado de forma compartilhada, sendo que pequenas e grandes soluções saem da inteligência coletiva dos atores sociais conectados com o desenvolvimento de software para produzir soluções de alta demanda social.

A tecnologia deve ser compreendida como um processo humano e coletivo, no desenvolvimento de software que priorize a troca de conhecimentos com diversos atores sociais, que compreenda que o sofware é vivo, precisa estar em permanente desenvolvimento e conectado com diversas habilidades para sua aplicação e aprendizagem contínua.


A tecnologia

Tendo como objeto o desenvolvimento de tecnolgias de alta demanda social em articulação com os diversos atores sociais, propomos algumas reflexões a serem debatidas:

Gestão:

Desenvolvimento e gestão das tecnologias de forma aberta e compartilhada, de modo que se construam modelos de gestão que aproximem a técnica da política, e possibilite a experimentação de novos modelos democráticos, no sentido de definir prioridades para desenvolvimento, gestão de recursos, criação e fortalecimento de novos instrumentos de participação, mediação interna e o estabelecimento de procedimentos.

Arranjos locais

Fortalecer arranjos produtivos e colaborativos locais com diversas expertises que se concetem com a ponta das organizações e possam atender todas as etapas para a especificação, desenvolvimento, comunicação, formação e bom uso de sofwares, e que permita uma sustentabilidade distribuida em redes, coletivos, profissionais autônomos, pequenas empresas e outras formas de organização.

Servidores Livres e Protocolos

Com o intuito de desenvolver e disponibilizar serviços e infraestrutura para os movimento sociais, a proposta consiste em ampliar o debate entre redes de desenvolvimento com o objetivo de:

Integrar     metodologias de gestão, desenvolvimento, controle de versões,documentação e acompanhamento de demandas;   
Acompanhamento de Patentes e Questões Legais de Propriedade;   
Reflexões técnicas, políticas e científicas a respeito das melhores soluções para a rede;   
Incentivo à adesão e atualização de tratados e protocolos;

Considerando a experiência de diversos softwares, não se pretende construir tecnologias hegemônicas, mas fortalecer relações entre comunidades de software para construção de eco-protocolos.
Rede de Conhecimentos Livre

Nasce em construção, na perspectiva de se utilizar da inteligência coletiva para existir, criar e se re-criar de forma permanente. Apresenta um acúmulo de soluções que tem como objetivo potencializar a ação das organizações sociais na internet e de estar em pernamente integração com outras soluções neste campo para compartilhar tecnologia, conhecimento e integrar soluções.

Neste sentido, a Rede de Conhecimentos livre apresenta algumas soluções com o intuito de dar autonomia para os indivíduos e organizações cujas práticas oxigenam, em retorno, as soluções propostas. Através da web e de encontros presenciais, tem o potencial de democratizar o acesso às mais diversas aplicações, tecnologias e práticas de organização, comunicação, colaboração, formação e sustentabilidade.

Na construção desta experiência, focamos o trabalho entre redes, movimentos sociais e populares, coletivos autônomos, projetos universitários, organizações e associações da sociedade civil. Toda essa malha cartográfica entende a Rede Livre como uma forma de ""se ver no mapa"" e localizar seus pares com a finalidade de trocas diversas: conhecimento, sabedoria, experiência e trabalho.

A proposta consiste em implementar metodologias que atendam de forma completa demandas de comunicação digital das organizações.
Para tanto, dispõe dos seguintes sistemas:

Website, blog ou Portal
A instalação na Rede Livre é altamente customizável, tanto do ponto de vista estético (layout) quanto da administração das ferramentas e conteúdos e sua exibição na página. Ele permite uma ampla diversidade de funcionlidades, tais quais conteúdo multimídia, sistema de deliberação, georeferenciamento, gerenciamento de contatos, envio de e-mail e sms em escala, sistema de mobilização e doação online.

WebContatos: gerenciando sua rede de contatos
A necessidade de organizar uma rede de contatos nos levou a desenvolver o “WebContatos”, gerenciador de uma multifuncional agenda de contatos pela internet organizada de forma colaborativa, com diversos usuários e tipos de permissão.

É possível também importar planilhas de dados pessoais ou de instituições e separá-las em grupos de contatos, seja por categoria, palavra chave e quaisquer outras classificações previstas. Também é possível para disparar e-mails e SMS  automaticamente através do sistema de envio de e-mails da Rede Livre.

Envio de e-mail e SMS
Com os contatos organizados e catalogados no “WebContatos”, o Jaiminho permite enviar e-mails e mensagens SMS de forma rápida, segmentada e simples – de acordo com políticas anti-spam.

Georreferenciamento
Já o Mapa de Vista permite mapear dados levantados por cidade, região e/ou tema, podendo cruzar os marcadores que exibem diferentes informações georreferenciadas. Em outras palavras, é possível associar a uma localização no mapa informações diversas com multimídia, hipertexto e todos os demais recurosos presentes em uma publicação padrão do WordPress.

Delibera
Cria ferramentas para estruturação de núcleos permanentes de consulta e formulação, sejam temáticos (cultura, edução, tecnologia, etc) ou territoriais, que necessitam debater e/ou tomar decisões.

Mais do que uma lista de discussão ou grupo na rede social, esta tecnologia vem sendo utilizada para facilitar e agilizar a troca de informações, argumentos e tem foco na construção de inteligência coletiva voltada para a atuação de um conjunto pré-definido de participantes ou totalmente aberto à população.